Um novo Iadê após um hiato de 29 anos

Renasce um novo iadê sintonizado com o Século 21, mas permanece o espírito do seu fundador Ítalo Bianchi e seus sócios Álvaro Landerset Simões e Paulo Ramos Machado, que na década de 50, momento em que São Paulo se transformava em metrópole, inauguraram o IADÊ – Instituto de Arte e Decoração, direcionados a um público e mercado específicos para suprir o que era inexistente na cidade.
O instituto contratava professores e palestrantes no que tange às artes visuais, à arquitetura, história da arte, desenho de interiores e matérias específicas, transformando aquela escola em referência nacional. Expoentes profissionais e ex alunos como: Ricardo e Ruy Ohtake, Haron Cohen, Baravelli, Nelson Leirner, Guto Lacaz, Marcelo Nitsche, Carlos Perrone, Sérgio Ferro, Tizuka Yamazaki, Sageje, Samy Bussab, Antônio Benetazzo, Carlos Henrique Heck, Wollner, Wesley Duke Lee, Carlos Farjado, Sérgio Romagnolo, Lenora e Fabiana de Barros.
Em 2016 o novo Instituto Iadbianchi é criado pela neta de Ítalo Bianchi. O Instituto resgata o espírito de vanguarda e fomenta o desenvolvimento no âmbito das artes plásticas e visuais, literatura e design com a programação voltada para exposições, ocupações e palestras.
A primeira ação do instituto apresenta uma exposição de design com curadoria de Adriana Bianchi. Mobiliário entre cadeiras e mesas nesta primeira coleção assinada e numerada. Bruno Bianchi, Eric Ensser, Italo Bianchi, Juliana Vasconcellos e Matheus Barreto. Marcio Sassine, Mila Strauss ( MM18), Nana Mendes da Rocha e Rodrigo Othake.

Exposição
Dias 9 e 10 de agosto
De 10 às 15 horas
Rua itaquera 423 Pacaembu
Palestras
Temas sobre etnografia, tecnologia e cultura
Dia 9 de Agosto – prof. Auresnede Pires Stephan
Dia 10 de Agosto – Rafic Farah

Compartilhe via...

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Abasteça com ideias lendo novas histórias abaixo