“Um Lugar Chamado Aqui” relaciona sentimentos e lugares

O livro “Um Lugar Chamado Aqui” promete mexer com seus sentimentos. Considerada uma fábula pelo autor Felipe Machado, o livro tem uma história simples, cheia de metáforas e diversas leituras possíveis. Atingindo desde o público infantil ao adulto, Felipe conta que deixou a história bem aberta, para que cada um tenha sua própria interpretação.

“Uma emoção pode estar relacionada a um local geográfico? O amor pode ser considerado ‘um lugar’ que surge apenas quando o casal está junto?” Completando a interpretação da leitura, as ilustrações são carregadas de sentimentos e sensações. O Daniel Kondo, que foi o responsável pelas composições gráficas, utilizou mapas de diversas épocas e lugares para compor as gravuras, mostrando que a história é atemporal e deixando claro para o leitor o aqui, o ali.

Processed with VSCO with hb2 preset

 

Processed with VSCO with hb2 preset
Felipe ainda conta que o tema do livro é muito atual. Tratando-se de lugares, estamos vivendo em um período em que o mundo está ficando cada vez menor, e os países estão criando mais fronteiras. Enquanto o mundo virtual fica cada vez mais próximo, na parte prática, a discussão sobre imigrantes, estrangeiros e fronteiras que fazia parte do período pós-Segunda Guerra volta a tomar forma.

O livro é clássico, limpo e lindo. É uma história que atinge todos os públicos e, por isso, é possível se identificar. Com certeza, já passamos pela situação retratada no livro.

O lançamento acontece sábado, 17 de dezembro, na Livraria Cultura do Shopping Iguatemi, às 16h.
Vale a pena conferir e bater um papo com os autores.