Tatuadores empoderam mulheres que venceram o câncer de mama

O câncer de mama é o segundo tipo de câncer mais recorrente do mundo. A cada ano, só nos Estados Unidos, a estimativa é de que 40 mil mulheres morrem acometidas por esse mal. Quando identificado a tempo, as chances de cura são altas, mas a mastectomia (cirurgia de remoção completa do seio) ainda é a forma mais eficaz de remover o tumor.

Com a mastectomia, sobram as cicatrizes – físicas e psicológicas. Tendo optado ou não pela reconstrução da mama, algumas mulheres acreditam que tatuar a região operada é uma maneira de superar esse difícil processo.

Uma comunidade online chamada P.Ink (Personal Ink), está ajudando os tatuadores a se conectarem com as mulheres que querem ter esses desenhos em seu corpo. Com uma forte ação nas redes sociais, o grupo promove dias especiais para tatuagens em massa, financiamento coletivo para aquelas que não podem pagar pelas tattoos e espalham muito amor e aceitação por aí.

Para saber mais, acesse o site do Personal Ink, o Pinterest e a página do Facebook do grupo, de onde foram retiradas as fotos a seguir:

breast-tattoo-joseph-andrew-zupi2Tattoo por Joe Andrew


breast-tattoo-nicole-laabs-zupi5Nicole Laabs, tatuadora

breast-tattoo-shannon-barron-zupiShannon Purvis Barron

breast-tattoo-stacie-rae-zupi6 Stacie Rae

breast-tattoo-david-allen-zupi Por David Allen

Compartilhe via...

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Abasteça com ideias lendo novas histórias abaixo