The Weird Travels

The Weird Crew é um coletivo formado por vários artistas de rua, que em 2012 saíram juntos numa viagem artística que ficou batizada como The Weird Travels. Aqui você confere os registros dessa viagem, marcada por murais incrivelmente bizarros.

Preto no branco

Apesar de suas diferenças, Tom Gilmour, Shawn Correia, Gordon Armstrong e Craig Robson têm uma coisa em comum: a paixão pela linha preta. Foi essa afinidade artística que os levou a fundar o Black Line Collective. Com menos de um ano de vida, o jovem grupo já exibe uma série de trabalhos interessantes feitos com…

Coletivo Klub7

Klub7 é um coletivo de arte alemão que há mais de uma década vem criando murais, customizações e ilustrações mundo afora. Composto por seis membros de diferentes backgrounds, o coletivo integra influências da arte urbana, pop art e quadrinhos nos trabalhos realizados em diferentes suportes, incluindo papel, madeira, tecido e paredes. Fundado oficialmente em 1998,…

Vielas em perspectiva

Na Vila Brasilândia, em São Paulo, o coletivo espanhol Boa Mistura contou com o apoio da comunidade local para colorir as vielas com mensagens positivas. Com técnicas de perspectiva, o grupo conseguiu um efeito interessante para as palavras. Também incentivaram as crianças a ajudar, dando assim, um colorido diferente para as paredes de concreto normalmente…

Sua casa em CMYK

Pela Espanha, México, Reino Unido e outros países, o coletivo espanhol Penique Productions, composto por diferentes artistas, deixa a sua marca. Em instalações temporárias, eles utilizam apenas uma cor para preencher um grande espaço, com sacos plásticos infláveis e tecidos. Penique é formado por Sergi Arbusà, Pablo Baqué, Chamo San e Pol Clusella e, como…

Faces ocultas

As colagens em vias públicas do coletivo Mentalgassi são famosas em Berlin e já apareceran por aqui no ano passado, lembra? Este ano, o grupo apareceu novamente com uma proposta interessante e reflexiva. Em países europeus, como Irlanda, Alemanha, País de Gales e Dinamarca, foram coladas imagens de pessoas que tiveram seus direitos humanos negados.…

Opala Rosa Choque

Quando os designers Bruno Petito e Issao Bazolli se cansaram de bater cabeça por aí, resolveram abrir um negócio próprio. Surgiu o coletivo Opala Rosa Choque, com cinco integrantes, cerca de seis meses como empresa e um potencial gigante. Por enquanto eles produzem mais para online, impressos e filmes – e os jobs estão indo…

Cuidado com os olhos

O coletivo Ojos Señor, sediado em Barcelona, contrapõe-se à imagem festiva da cidade com os pôsteres meio macabros, espalhados em locais estratégicos. São cartazes com crianças cujos olhos de led refletem o efeito “with lasers”. Os espanhóis deram início à história inspirados no olhar brilhante dos gatos à noite. Veja algumas intervenções: Eles têm um…

Trabajo cubano

Uma cama no formato de montanha-russa, uma gaiola de leitura e uma churrasqueira ideológica. Esses são algumas invenções que formam a imaginação sem limite de Marco Castilho e Dagoberto Rodriguez, cubanos de Havana pertecentes ao coletivo Los Carpinteros. Além de trabalhar em design de mobiliário, o duo também desenvolve intervenções, esculturas e até pinturas. A…