SXSW Award-Winner ‘The River and The Wall’ foi para as telas de cinema no último dia 4 de maio.

[vc_row][vc_column width=”1/6″][/vc_column][vc_column width=”2/3″][vc_video link=”https://youtu.be/nOwFV4S1I-k” align=”center”][vc_column_text]O documentário recebeu aplausos em pé durante apresentação no festival SXSW, recebeu o prêmio Louis Black ‘LONE STAR’.

O filme, leva o público a uma viagem ao longo da fronteira entre os EUA e o México para entender melhor até onde o muro físico de fronteira, proposto pela administração Trump, iria e os impactos que ele teria.

O novo documentário The River e The Wall (www.theriverandthewall.com), do premiado diretor Ben Masters (Unbranded) e da produtora vencedora do Emmy, Hillary Pierce (Tower), teve sua estréia mundial no Festival de Cinema SXSW de 2019 e tem sido um favorito do público em outros festivais de filmes recentes.

Gravitas lançou anteriormente o premiado documentário do Masters, Unbranded, que acompanhou quatro jovens vaqueiros enquanto traçavam um plano para adotar, treinar e montar uma série de mustangs selvagens a 3.000 milhas do México até o Canadá, através do terreno mais selvagem do oeste americano.

 

 

O River and The Wall segue cinco amigos em uma viagem de 1.200 quilômetros ao longo da fronteira EUA-México, de El Paso até o Golfo do México. Montando cavalos, bicicletas e remando canoas, eles viajam ao longo do Rio Grande e se encontram com proprietários de terras, agentes de patrulha de fronteira, congressistas dos dois lados do corredor, imigrantes, biólogos da vida selvagem e pessoas de ambos os lados do Rio para entender melhor onde parede de fronteira física iria e os impactos que teria.

As histórias de imigrantes de dois dos personagens estão entrelaçadas através da jornada, humanizando o tema controverso da imigração, enquanto viajam por uma paisagem que pode em breve desmoronar em uma parede destinada a mantê-los fora. Contado através de uma cinematografia deslumbrante de paisagens e culturas raramente visitadas e muitas vezes demonizadas, The River e The Wall levam os espectadores a uma inesquecível jornada de fronteira para o tópico mais polêmico e discutido no mundo de hoje: o muro da fronteira. Você nunca mais verá a borda da mesma maneira.

 

 

“A Gravitas está entusiasmada em colaborar com Ben Masters e sua equipe no The River and the Wall”, disse Brendan M. Gallagher, vice-presidente executivo e consultor jurídico da Gravitas Ventures. “O filme é visualmente deslumbrante e oferece perspectivas humanas, práticas e ambientais muito necessárias sobre a questão divisora ​​das fronteiras que paralisou nosso governo e polarizou o país”.

“Quando começamos a filmar The River e The Wall dois anos atrás, quando a retórica de“ construir esse muro ”começou, não tínhamos ideia de que a questão iria explodir em uma paralisação do governo e um dos tópicos mais polêmicos do mundo”. disse o diretor Ben Masters. “Passamos os últimos dois anos documentando a fronteira, viajamos todos os quilômetros da fronteira do Texas com o México em bicicletas, cavalos e canoas, e nos reunimos com dezenas de pessoas em ambos os lados do Rio Grande para fazer um filme que mostra o que as fronteiras parecem, na verdade, como um muro funcionária e como isso afetaria a imigração, os proprietários de terras, o acesso à água, a vida selvagem e a cultura de fronteira ”.

 

 

Masters acrescentou: “Entrevistamos agentes de patrulha de fronteira, imigrantes, fazendeiros, biólogos da vida selvagem, congresistas republicanos e democratas, mexicanos e americanos para dar um retrato preciso da fronteira e deixar que o público decidisse por si mesmo se um muro físico de fronteira é um bom maneira de abordar nossos desafios de imigração e segurança nas fronteiras. No momento em que há tanta divisão, ignorância e falsa reportagem sobre a fronteira, estou animado para lançar o filme e permitir que as incríveis paisagens e pessoas de lá falem por si mesmas.”[/vc_column_text][/vc_column][vc_column width=”1/6″][/vc_column][/vc_row]