Segundo Erre: Projeto de reutilização de Marcelo Badan

Marcelo Badan tem 46 anos, nasceu em Porto Alegre, mas mora em São Paulo desde criança. Formado em Design Gráfico já trabalhou em agências de design e editoras, mas entre 2000 e 2003 teve a primeira experiência com projeto de minimização de resíduos e coleta seletiva. Primeiro com uma ONG e depois como autônomo. O Marcelo tomou tanto gosto pela prática que em 2013 saiu do trabalho em uma agência de design para se dedicar exclusivamente aos projetos de reutilização de resíduos. O Marcelo alimenta o blog  Segundo Erre com incríveis e criativas ideias para reutilizar objetos e a Zupi conversou com ele para saber um pouco mais desse projeto!

[row]MINI-QUADRINHO-ZUPI[/row]

Zupi: Como surgiu a ideia de criar o Segundo Erre? Quando começou?

Marcelo: Desde adolescente gosto de acampar, fazer trilhas, tomar banho de cachoeira, nadar em rios, etc. E nesses locais bonitos que frequentei, fui observando que a cada ano eles ficavam mais sujos, mais descuidados e com cada vez mais lixo.
Comecei a ficar indignado e passei a pesquisar e ler sobre o assunto. Depois comecei a separar meus resíduos para reciclagem e aí foi um “pulo” para reutilizá-los. O meu olhar mudou, passei a dar valor para os resíduos. Não me conformava em enviar para reciclar algo que ainda poderia ter utilidade.

A ideia do blog veio dessa mudança de valores que tive e da vontade de mostrar para outras pessoas que é possível dar um destino mais digno para os resíduos que geramos. Comecei a reutilizar meus resíduos em 1997 e o blog começou em 2007.
O nome surgiu a partir do conceito de educacão ambiental definido na Agenda 21, os 3 r’s: reduzir o consumo e o desperdício, reutilizar o que for possível e por último, reciclar. O que faço é reutilizar resíduos, então é o “segundo erre”.
O objetivo é mostrar o que faço e incentivar as pessoas a praticar os 3 r’s.

[row]ÁLBUM-DE-CARROS-ZUPI[/row]

[row]BANQUETA-DE-DEDOS-ZUPI[/row] [row][/row]
Zupi: Você sempre teve essa forte ligação com a preservação do meio ambiente?
Marcelo: Sempre tive uma ligação com a natureza, mas a ideia de preservar veio mais tarde, no final da adolescência, com aquelas campanhas contra a energia nuclear na época do acidente em Chernobil, na década de 80. Eu me esforço para preservar e divulgar ações e práticas bacanas, mas ainda acho pouco.

[row]BANQUINHO-DE-GAVETA-ZUPI[/row] [row]ESTANTE-DE-CARTEIRAS-ZUPI[/row] [row]JARDIM-DE-LATA-ZUPI[/row]
Zupi: As ideias de reutilização são só suas ou você também aceita outras sugestões? Outras pessoas também colaboram com seu projeto?
Marcelo: As ideias são todas minhas e tenho feito tudo sozinho. De vez em quando amigos e familiares doam resíduos que podem virar algo interessante.

[row]PORTA-TRECOS-DUPLO-ZUPIQUADRINHO-DO-AMOR-ZUPI[/row]
Zupi: Você pretende migrar o projeto? Criar uma oficina ou alguma coisa parecida?
Marcelo: Sim, minha meta para 2014 é trabalhar junto a algum projeto socioambiental e montar uma espécie de ateliê/ oficina. Esse espaço poderia ser usado para exposições, palestras, loja, etc. E que tudo seja feito por mim e também pelos integrantes do projeto socioambiental. Tenho certeza que em algum projeto socioambiental encontrarei pessoas que se mostrarão ótimos designers.

[row]VASO-DE-FILTRO-ZUPI[/row]

E ai gostou do trabalho do Marcelo? Para ver mais ideias criativas para reutilização de objetos clique aqui

Compartilhe via...

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Abasteça com ideias lendo novas histórias abaixo