Para os que acompanham a Zupi desde seus primórdios, o curitibano Rimon Guimarães é um velho conhecido. O Rim, como é conhecido no meio artístico, já teve seus trabalhos publicados na Zupi #3.

Como a publicação já rodou a praça há algum tempo – atualmente está esgotada – e hoje é o Dia do Graffiti, achamos justo mostrar um apanhado do trabalho que Rim realiza pelas ruas, revitalizando o espaço cinza com suas cores cativantes e geometrias inconfundíveis. E viva a arte de rua!

Rim + Vagabundos

Rim + Remed

+ Informações

Rim

 

Compartilhe via...

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Abasteça com ideias lendo novas histórias abaixo