CLUBE  •  PIXEL SHOW  •  AGENDA  •  FEIRA

De São José dos Campos para o mundo, esse é o grupo Núcleo. O coletivo, formado por três artistas plásticos, executa intervenções urbanas variadas e que fogem ao comum. A intenção é promover reflexões sobre a arte contemporânea e democratizar a produção artística. Veja abaixo algumas de suas ações.

Arte Classificada (2008) foi uma ação de intervenção na parte de classificados do jornal, concorrendo com os outros anúncios de venda e compra no espaço. A brincadeira chamava atenção de como falta arte e cultura no espaço urbano e tecnológico.

image

image

No projeto Caçamba!, de 2009, o pessoal do Núcleo resolveu colorir um pouco as cinzentas e sujas caçambas espalhadas pela cidade. Eles chamaram alguns artistas para envelopar os contêineres com cartazes lambe-lambe de xilogravuras.

Porém, a prefeitura só liberou que as peças artísticas ficassem nas áreas externas do SESC (patrocinadores do projeto). As caçambas coloridas chamam atenção para um ponto de encontro entre a arte e o espaço urbano e atiça discussões sobre esse tipo de arte.

Além disso, o projeto também contou com outras ações de divulgação cultural pela cidade.

image

image

image

image

Em Bom Bom, realizado em 2010, o Núcleo teve a ideia de despertar o olhar das pessoas e causar estranhamento, transformando o lugar comum em algo incomum. Como? Colocando papel celofane sobre objetos aleatórios da cidade. A ideia do grupo foi destacar a “assepsia” da cidade, já que tudo é pintado, repintado e retocado para parecer limpo e impecável.

A escolha do nome foi simples: celofane é o material que envolve bombons.

image

image

Falando em arte urbana, o graffiti não poderia ficar de fora. Graffiti Portátil é um projeto deste ano, no qual o Núcleo criou, literalmente, uma arte de rua que pode ir para qualquer muro da cidade, sem infringir nenhuma lei.

Acontece assim: você grafita em uma grande folha de papel celofane e leva para onde quiser. Quando achar um muro que precisa de uma corzinha, coloque a sua arte lá. Se achar que precisar mudar de lugar, é só tirar as fitas e levar o seu graffiti até onde quiser. Veja abaixo as fotos:

image

image

Curtiu os trabalhos do Núcleo? Se quiser entrar em contato com o pessoal, vai no site deles: Núcleo Online

Compartilhe via...

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn