CLUBE  •  PIXEL SHOW  •  AGENDA  •  FEIRA

Pixels Nervosos: projeto transforma uma parede velha em arte

Quando vi o projeto de Alberto Zanella pela primeira vez, me lembrei imediatamente de um filme de Gustavo Taretto, Medianeras: Buenos Aires da Era do Amor Virtual. O tema central do filme é a solidão, mas, é o nome “medianeras” que me fez criar uma ligação entre o filme e o projeto Pixels Nervosos. Entenda, medianeras é a lateral de concreto do prédio sem serventia pro morador, que o deixa sem comunicação com a cidade e que só é utilizada para a colocação de anúncios publicitários. Esse paredão simboliza o filme e o isolamento das pessoas na capital argentina. O Pixels Nervosos também usa uma parede como forma de representação e, transforma algo velho e aparentemente sem utilidade em arte.

O artista explica:

“Uma parede descuidada, perdida na paisagem urbana de São Paulo, com uma porta que não liga nada a coisa alguma, inspira um grafite, instiga a ocupação, nem que seja a ocupação digital. Sem a preocupação em agradar clientes ou ter um prazo a ser cumprido e com o objetivo simples de ser divertido, gostoso de olhar e interativo, surge o projeto Pixels Nervosos com a vontade de grudar pixels em qualquer parede descuidada.

Com a ajuda do 3DS Max da Autodesk para a modelagem da parede em 3d e o After Effecs da Adobe para animações 2d, Alberto Zanella montou um vj set no Grandvj da Arkaos com 120 loops de vídeo acessíveis remotamente por iPad ou iPhone, via um layout simples e intuitivo no aplicativo Touchosc da Hexler, democratizando assim o controle do que é projetado na querida parede que até a pouco passava despercebida e era deixada de lado, sem carinho. Toda essa produção foi uma ótima desculpa para convidar os amigos para uma festa onde os convidados podiam escolher o que queriam ver mapeado na parede, tirando o monopólio de controle das imagens das mãos do VJ”

[row][/row]

 

[row]_MG_4459[/row]

[row]3DsMaxPorta[/row]

[row]3DsMaxSmile[/row]

[row]metaballsPixelsNervosos_00000[/row]

Compartilhe via...

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Abasteça com ideias lendo novas histórias abaixo