CLUBE  •  PIXEL SHOW  •  AGENDA  •  FEIRA

PINCH: projeto aborda conceitos de ilegalidade, anonimato e identidade na street art

Há um ano, o projeto PINCH (anagrama das iniciais da frase “Names Have been Changed to Protect the Innocent”) surgiu em Londres para questionar os conceitos de identidade, anonimato e ilegalidade quando o assunto é street art. O graffiti e a arte urbana em geral infelizmente ainda carregam consigo essa imagem negativa para alguma parcela menos informada da população. Por isso, a série PINCH Mugshots documenta os artistas em frente às suas obras, mas de uma maneira diferente. Como o próprio nome já diz, as fotos são clicadas da mesma maneira em que policiais fotografam criminosos antes de serem presos.

As placas seguradas pelos artistas não revela seus nomes, mas as iniciais das cidades onde as fotos foram clicadas e as coordenadas dos muros pintados. A ideia foi mostrar os rostos dos street artists (quando eles são anônimos ao público em geral) e transformar sua imagem pessoal em arte. A galeria de mugshots hoje em dia conta com mais de 50 imagens, tiradas em Londres, São Paulo e Rio de Janeiro. Entre os artistas clicados estão Cranio, Alex Senna, Enivo, Annatomix e Pang.

Confira:

pinch-zupi1 pinch-zupi2 pinch-zupi3 pinch-zupi4 mugshot-zupi5 mugshot-zupi6 mugshot-zupi7

 

Compartilhe via...

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn