Personagens reais questionam estereótipos em filmes da Skol

[vc_row][vc_column][vc_column_text]

Sem roteiro definido e sem saber que estavam participando de uma campanha de cerveja, pessoas com os mais diversos perfis foram selecionadas para participar da experiência social promovida pela marca. Três grupos de cinco pessoas foram desafiados a descrever como eram os donos de objetos deixados em uma sala. Três personagens reais foram escolhidos para desmistificarem padrões. O artista plástico Thiago Rezende (faz crochê), o iluminador cênico Renato Lopes (dançarino de Lindy Hop nas horas vagas) e o químico Luis Giácomo (campeão mundial de Patinação de Velocidade). A proposta dos filmes é mostrar como todos ainda tiram conclusões precipitadas ao se deparar com elementos que supostamente definem um estereótipo. E como nos surpreendemos ao perceber que ainda vivemos dentro do clichê de quem vê objeto, ou rosto, não vê nem alma e nem coração.

O filme, criado pela  F/Nazca Saatchi & Saatchi junto com a produtora Prodigo FIlms e dirigida por Daniel Klajmic, foi concebido para ser veiculado no formato do Facebook e faz parte da campanha Redondo é sair do seu Quadrado, que desde o início do ano tem provocado o público a abrir o olhar para novas perspectivas, sempre tendo o respeito como principal bandeira.

[/vc_column_text][vc_video link=”https://www.youtube.com/watch?v=rh_fEO7iUYE” title=”Filme 1″][vc_video link=”https://www.youtube.com/watch?v=6UuWSV0JGuc” title=”Filme 2″][vc_video link=”https://www.youtube.com/watch?v=jDJ5xazqK9I” title=”Filme 3″][/vc_column][/vc_row]

Compartilhe via...

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Abasteça com ideias lendo novas histórias abaixo