SHOP  •  PIXEL SHOW  •  CONFERÊNCIA  •  PROGRAMAÇÃO

Os registros do guarda-roupa de Frida Kahlo

Uma das mais famosas pintoras mexicanas, Frida Kahlo, faleceu em 1954, mas deixou uma marca no mundo com sua arte, expressão e personalidade vibrante. A artista deixou, além disso, sua coleção única de roupas, que foi mostrada ao público depois de 50 anos guardada.

O marido de Frida, Diego Riviera, foi quem ficou com o guarda-roupa de sua esposa. Diego decidiu que guardaria as peças no banheiro de sua casa, na Cidade do México, e ordenou que o cômodo ficasse fechado por 15 anos depois de sua morte. O que aconteceu, porém, foi que o cômodo só foi aberto em 2004, 50 anos depois, quando a Casa Azul foi transformada em museu, e mais de 300 artefatos de Kahlo passaram a ser catalogados.

O japonês Ishiuchi Miyako foi o fotógrafo que teve o privilégio de imortalizar mais de 300 itens que pertenceram a Frida. Confira os registros:

Compartilhe via...

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn