Os primeiros Desafios de Design Odebrecht Braskem: um longo caminho até agora

Você já viu aqui na Zupi o que está rolando no 3º Desafio de Design Odebrecht Braskem. Para chegar a esse ponto, foi um longo caminho. As duas edições anteriores do projeto marcaram episódios muito importantes na história do design brasileiro que muitas vezes não é devidamente reconhecido lá fora.

Realizada em 2013, a primeira edição do Desafio propôs o desenvolvimento de uma linha de mobiliário em plástico, para o Edifício Odebrecht, em São Paulo. Para a primeira edição, foram convidados alunos do curso de design de quatro faculdades: Instituto Europeo di Design (IED-SP), Fundação Armando Álvares Penteado (FAAP), Centro Universitário Belas Artes de São Paulo e Instituto Mauá de Tecnologia. A ideia surgiu da Odebrecht e Braskem durante a concepção dos móveis para as áreas de convivência do novo empreendimento e contou com a consultoria da agência Mais Packing Design.

desafio1-braskem-zupi desafio1-braskem-zupi2

Para Cesar Roberti, que fez parte da equipe vencedora do primeiro Desafio (o IED-SP), o processo todo foi uma experiência que abriu muitas portas. O então estudante do curso de design de produto foi convidado pela equipe da Mais Packing, quase um ano após o fim da primeira edição, a trabalhar na agência, agora também envolvido em outros projetos, e auxiliar na coordenação e na estruturação dos 2º e 3º Desafios, que dão sequência a um trabalho de sucesso que vem se consolidando.

desafio1-braskem-zupi3 desafio1-braskem-zupi4 Cesar (de preto) e sua equipe trabalhando durante o desafio

Quer ver como foi o processo do 1º Desafio? Assista:

O sucesso no projeto levou a equipe ainda mais longe: “Após adquirir uma experiência inigualável, receber uma injeção enriquecedora de conhecimentos diversos e ter desenvolvido um incrível projeto para nosso portfólio, ainda fomos condecorados nesse processo com o primeiro lugar no Desafio de Design Odebrecht Braskem. Desde então, o projeto ainda se desdobrou em outros prêmios e exposições, como a mostra Jovens Designers, Salone del Mobile, em Milão, e Bienal do Design, dentre outros”, conta César. Hoje, ele trabalha desenvolvendo projetos de embalagens, produtos, inovação, posicionamento e estratégia de marca e pensando o design como deve ser, de uma forma abrangente, completa e com a atenção que uma área com potencial pra mudar o mundo merece.

braskem-zupi-5braskem-zupi7

Em 2014, o foco dos projetos foi outro. Os alunos criaram mobiliário moderno e inovador para escolas em duas categorias: Ensino Infantil e Ensino Fundamental/Médio. Para esta edição, houve uma ampliação do projeto, com participação de mais instituições e inclusão do curso de Arquitetura na disputa. Ao todo, foram convidadas seis universidades, as cinco com cursos de Design com registro mais antigo no MEC e a vencedora da primeira edição do Desafio de Design. São elas: Centro Universitário Belas Artes de São Paulo, Fundação Armando Alvares Penteado, Universidade Presbiteriana Mackenzie, Universidade Paulista, Universidade São Judas Tadeu e, como vencedor da edição anterior, o Istituto Europeo di Design.

braskem-zupi6

braskem-zupi3

No fim desse processo, dois grupos foram vencedores e outros dois tiveram menção honrosa. A equipe da UNIP foi vencedora na categoria “Ensino Fundamental/Médio”. Para os pequenos, o mobiliário escolhido foi desenvolvido pela equipe da FAAP. As menções honrosas foram para o Mackenzie e Belas Artes.

Assista à premiação do 2º Desafio de Design Odebrecht Braskem:

Só repetimos aquilo que deu certo nas primeiras vezes. O sucesso do Desafio de Design deve-se ao trabalho sério e comprometido dos alunos, professores, consultores e idealizadores da competição, Braskem e Odebrecht. Continue acompanhando essa história aqui na Zupi nos próximos posts!