CLUBE  •  PIXEL SHOW  •  AGENDA  •  FEIRA

Se num primeiro momento as imagens aqui parecerem comuns, preste mais atenção. Mais do que simples fotos de origamis, elas constituem um inteligente exercício de linguagem do fotógrafo Marc Fichou.

Na série Origamis, ele cria obras auto-referenciais onde a imagem não pode ser separada de seu referente, criando um elo visual entre passado e presente. Cada imagem apresenta um origami diferente, impressos no pedaço de papel em que foram feitos (e, depois, desfeitos).

“Origami e papel são uma mesma coisa em dois momentos diferentes, em dois espaços diferentes e em duas formas diferentes”, comenta Fichou em seu site. As imagens dizem o resto:

 

 

 

 + Informações

Marc Fichou

Compartilhe via...

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn