CLUBE  •  PIXEL SHOW  •  AGENDA  •  FEIRA

O mundo visto durante a noite

Com sua constelação de luzes artificiais, o planeta Terra, visto do espaço durante a noite, parece mesmo uma espécie de segundo céu. É isso que mostra o projeto Nighttime Lights of the World, responsável por reunir imagens de diferentes partes do mundo quando não estão banhadas pelo sol.

Comandada pela Nasa e diversas organizações, a empreitada aponta diferentes evidências sociais, geográficas e econômicas dos cinco continentes de acordo com a emissão de luz de cada um deles.

Realizados entre 1993 e 2003, os registros mostram ainda o consumo de energia desses locais ao longo do anos. Os pontos em cor vermelha, por exemplo, indicam luzes recentes, enquanto os azuis mostram pontos já extintos. Mesmo sem qualquer caráter artístico, as imgens do estudo são, no mínimo, incríveis.

image

A emissão de luzes em 1993

image

A emissão de luzes em 2003

image

Comparativo entre esses 10 anos

image

A fraca emissão de luzes na África pode ser vista na imagem, escurecida

image

Na América Latina, a maior concentração de luzes ocorre na região Sudeste do Brasil e na Argentina

image

Na América do Norte, a maior concentração de luz vem da região de Nova York

image

O continente mais populoso do mundo, a Ásia, possui grande parte de suas dimensões iluminadas – especialmente na Índia e em partes da China

image

Com grande número de países desenvolvidos, a Europa também possui diversos pontos luminosos; entre eles, Paris, a “cidade luz”

image

Na Oceania, poucos são os pontos de concentração de luz, em decorrência da menor população e extensão territorial

+ Informações:
Site: Nighttime Lights of the World

Compartilhe via...

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Abasteça com ideias lendo novas histórias abaixo