CLUBE  •  PIXEL SHOW  •  CONFERÊNCIA  •  PROGRAMAÇÃO  •  SKETCH  •  FEIRA

Nessim Higson
Los Angeles, Estados Unidos

Nessim Higson

image

[Zupi] Conte-nos um pouco sobre sua vida profissional desde quando você era estudante.

Minha vida profissional desde que eu era estudante… Que tal muitas noites e dias em claro?

[Zupi] Como você se lançou como artista e designer?

Recebi minha graduação em Design Gráfico da Universidade Loyola em Nova Orleans. A melhor experiência de todas e continuei desde então.

[Zupi] Por que você decidiu abrir seu próprio estúdio de design? Como você adquiriu seus clientes?

Eu consigo meus clientes pelo boca-a-boca – muitos trabalhos de referência (não comerciais) – o quê, normalmente, é meu melhor trabalho.

[Zupi] Você tem uma equipe que trabalha com você?

Eu, eu mesmo e eu.

[Zupi] Qual a principal atração em seu trabalho?

Eu não sei se a principal atração está em meu trabalho. Conheci pessoas que me disseram que adoram a maneira que eu incorporo elementos orgânicos com aqueles de natureza bem fria – especialmente máquinas.

image

[Zupi] Conte-nos sobre seu estilo, se houver algum específico.

Eu tento ficar longe de desenvolver um estilo específico, pois acho que posso estar sendo limitado para criar outros tipos de trabalho. Você acaba caindo nas mesmas armadinhas das quais você tentou se afastar. Garanto que existem muitos designers e ilustradores que têm a mesma marca e vivem e respiram disso.

[Zupi] O quê o inspira?

O mundo – por mais estranho e extremamente batido que pareça. Viajar, ver o mundo e lugares diferentes é o que me inspira.

[Zupi] Quem são os artistas ou outros profissionais que mais inspiram seu trabalho?

Inspirações abrangem de Picasso a John Heartfield, de Tibor Kalman ao sólido pensamento de Stefan Sagmiester. Amigos me deram uma base sólida para me basear. Alguns de meus melhores amigos possuem tendências que realmente me empurram para o trabalho.

[Zupi] Conte-nos sobre as tendências visuais. Onde você procura e encontra suas referências?

Por todos os lugares – Eu gostaria de encorajar pessoas a saírem do sistema e irem escavar um mercado de pulgas, anotarem, lerem. Parece que muitos designers estão presos ao poder rude que o sistema possui.

image

[Zupi] Existe algum novo projeto que você possa nos contar?

Alguns broadcasts, alguns sites, identidades. Eu estou por todo o globo à procura de desenvolver projetos constantemente. Uma atualização do meu site acontecerá brevemente, eu espero.

[Zupi] Você acredita que o design de seu país possui um estilo único?

Eu acredito que o design global, assim como as culturas, está transcendendo barreiras.

[Zupi] Você considera necessário estudar para tornar-se um bom designer?

Não. Embora isso ajude como uma estrutura básica para se fundamentar.

[Zupi] Algum comentário final?

Seja faminto e continue faminto.

 

Compartilhe via...

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn