NASA selecionou os projetos vencedores do Concurso Habitats 3D para Marte

[vc_row][vc_column][vc_column_text]Em 2014, a NASA lançou uma lançou um desafio para que equipes de todo o mundo criassem um habitat sustentável usando a tecnologia de impressão 3D para abrigar exploradores em Marte. Agora, cinco equipes foram selecionadas no nível 1 da fase 3. Essa etapa é onde as equipes forma convidadas a preparar as apresentações digitais que explicariam a funcionalidade desses habitats.[/vc_column_text][vc_empty_space][vc_column_text]A equipe Zopherus de Rogers ficou com o primeiro lugar e a maior parte do prêmio $100.000 que foi dividido entre os vencedores. Seu design modular e hexagonal é inspirado em formas naturais e será construido usando materiais encontrados em Marte. Como parte de seu conceito, um módulo de aterrisagem chegaria à superfície do planeta e selecionaria a melhor área de construação. Em seguida, implantaria e vasculharia em busca de materiais. A sonda se projeta para a superfície, cria um ambiente pressurizado para começar a imprimir o primeiro abrigo, graças a impressora 3D instalada no interior. Assim, esta sonda vai se movendo, inserindo janelas, portas, banheiros e outros itens essenciais para os astronautas.[/vc_column_text][vc_empty_space][vc_single_image image=”144999″ img_size=”full” alignment=”center” title=”Team Zopherus, 1 Lugar”][vc_empty_space][vc_video link=”https://www.youtube.com/watch?v=CZEUYKePV_0″][vc_empty_space][vc_column_text]A competição recebeu uma grande variedade de conceitos por equipes de vários lugares. Como o concurso é dividido em fases, as equipes sem acesso as grandes impressoras 3D puderam participar durante as fases conceituais e, posteriormente, encontrar parceiros.[/vc_column_text][vc_empty_space][/vc_column][/vc_row][vc_row][vc_column][vc_column_text]Outros trabalhos vencedores incluem o design inclinado da SEArch +/Apis Corto, que considera a superfície irregular de Marte e uma estrutura semelhante a um ovo da AI Spacefactory, com plantas que podem ser cultivadas no planeta. Kahn-Yates ficou em terceiro lugar com a estrutura que busca minimizar o impacto das tempestades de poeira e uma camada externa perfurada com recortes para maximizar a luz.[/vc_column_text][vc_empty_space][vc_single_image image=”145002″ img_size=”full” alignment=”center” title=”Team AI. SpaceFactory, 2 Lugar”][vc_empty_space][vc_video link=”https://www.youtube.com/watch?v=XnrVV0w2jrE”][vc_empty_space][vc_single_image image=”145004″ img_size=”Full” alignment=”center” title=”Team Kahn-Yates, 3 Lugar”][vc_empty_space][vc_video link=”https://vimeo.com/270226146″][vc_empty_space][vc_single_image image=”145005″ img_size=”full” alignment=”center” title=”Team SEArch+/Apis Cor, 4 Lugar”][vc_empty_space][vc_video link=”https://www.youtube.com/watch?v=Lxoqs18BOoE”][vc_empty_space][vc_single_image image=”145006″ img_size=”Full” alignment=”center” title=”Northwestern University, 5 Lugar”][vc_empty_space][vc_video link=”https://www.youtube.com/watch?v=mxzoO9ADqOE”][/vc_column][/vc_row][vc_row][vc_column][/vc_column][/vc_row]

Compartilhe via...

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Abasteça com ideias lendo novas histórias abaixo