Lembra do grafiteiro Mundano? Ele não faz mágica, mas conseguiu tirar a invisibilidade dos catadores de material reciclável com uma ideia simples e original.

Como divulgado anteriormente pela Zupi, ao invés de pintar muros, o grafiteiro começou a pintar carroças ao redor do mundo, aumentando a autoestima dos trabalhadores, além de deixar a cidade mais colorida. Hoje as carroças personalizadas por Mundano costumam receber mais buzinas, só que de elogio.

O artista luta por uma sociedade mais justa e afirma que a arte na rua tem um poder de transformação social muito forte. Recentemente, ele concedeu uma palestra no Pará para o TED, conferência global que visa disseminar ideias na área de tecnologia, entretenimento e design.

Lá, ele contou um pouco sobre a sua história e os propósitos da sua arte que, cada vez mais, incentiva a reflexão da sociedade e influencia as pessoas a alteram determinados hábitos. Aproveitando a passagem por Belém, Mundano deixou algumas mensagens por lá. Confira!

Compartilhe via...

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Abasteça com ideias lendo novas histórias abaixo