CLUBE  •  PIXEL SHOW  •  AGENDA  •  FEIRA

A modernidade e geometria do Centro Cultural de Mulhouse

Paul le Quernec concebeu um centro cultural na “desfavorecida” região de Mulhouse, França. Construído em um terreno apertado, cujos limites são estreitos e cercado de apartamentos

, a estrutura negociada contemplaria uma praça pública, parque, parque infantil entre outros programas já pré-determinados. Então, ao invés de criar um edifício monolítico entre torres residenciais, o arquiteto francês empregou geometria em formas triangulares no edifício, transformando-o em uma estrutura moderna e dinâmica.

Compartilhe via...

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn