SHOP  •  PIXEL SHOW  •  CONFERÊNCIA  •  PROGRAMAÇÃO

Mehgan Trice
Ohio, Estados Unidos

Confira mais trabalhos aqui.

[Zupi] Fale um pouco sobre a sua vida professional?

Ela consiste em muitos dias e noites de pintura, desenho e preparação para mostras de arte.

[Zupi] Quais técnicas você utiliza em seus trabalhos?

A principal técnica que eu utilizo em meu trabalho é a pintura em camadas. Por isso, muitos dos meus quadros podem levar até um mês ou mais para ser concluído. Eu também uso tinta a oleo.

[Zupi] Atualmente, o que você tem feito?

Eu tenho participado de algumas mostras em Los Angeles, Hollywood, Arizona e Ohio. Recentemente eu fiz uma pintura para o volume 4 do Torpedo, uma ficção australiana trimestral da cidade de Melbourne.

image

[Zupi] Qual o principal atrativo em seu trabalho?

As pessoas dizem que parece ser a natureza expressiva do meu trabalho. Cada peça conta uma história e, ao mesmo tempo em que assombra, é visualmente bonita.

[Zupi] Qual o motivo da atmosfera de vazio criada pela expressão dos personagens nas imagens?

Isso é feito involuntariamente. Quando desenho esses personagens, eu realmente não tenho em mente expressões. Apenas trabalho com eles até sentir uma ligação. O vácuo criado pelas expressões acrescenta mistério à natureza do meu trabalho.

[Zupi] Por que o seu trabalho sempre utilize meninas?

Não tenho certeza. Eu acho que é o hábito. Curiosamente, acabei de terminar a minha primeira pintura de um menino.

image

[Zupi] Fale um pouco sobre os filmes que você criava quando era criança.

Eu era uma criança muito imaginativa. Com cinco anos comecei a produzir histórias com a câmera de vídeo da minha família. Histórias que eu sabia ou, na maioria das vezes, que eu inventava. Quando fiquei mais velha, eu tive mais interesse no processo de produção cinematográfico e comecei a fazer pequenos filmes com amigos e parentes. Estes filmes foram baseados no que eu tinha escrito ou pensado, assim como filmes que eu gostava. Em seguida, eu comecei a aprender animações em stop motion. Experimentações com bonecas. Depois, parti para a animação em 2D por algum tempo, mas eu realmente não me divertia tanto quanto em stop motion.

[Zupi] Por que você cria filmes do processo de produção de sua arte?

Eu sempre gostei de ver como outros artistas, cineastas e pessoas criativas trabalhavam. Aquilo que está por trás das cenas. Então eu pensei que seria divertido e informativo para outros artistas e fãs verem o meu processo de produção.

[Zupi] Há algum elemento que você procura utilizar mais em seu trabalho? Por quê?

Não sempre. Contudo existem alguns elementos que reaparecem no meu trabalho a partir da minha paleta de cores. Eu uso o vermelho em quase todas as minhas pinturas, mesmo que seja apenas alguns salpicos aqui e ali. Eu gosto de deixar as interpretações para os observadores.

[Zupi] O que te deixa inspirada?

Eu sou inspirada por muitas coisas. Eu diria que minhas referências, em grande parte, vêm de coisas que me interessam e de minha imaginação. Filmes, música, mitologia, contos de fadas e folclore. Objetos antigos, culturas, dark arte (em suas variadas formas), surrealismo, punk e moda japonesa. Eu tenho uma ampla faixa de interesses e hobbies. Eu também sou inspirada por sonhos algumas vezes. Normalmente bem estranhos.

[Zupi] Quem são os artistas ou outros profissionais que inspiram o seu trabalho?

Existem muitos artistas os quais eu admito me inspirar. J.W. Waterhouse, William Adolphe Bouguereau, Mark Ryden, Camille Rose Garcia, Francisco Goya e Michael Hussar são apenas alguns nomes, bem como uma série de escritores e cineastas.

image

[Zupi] Quais são as suas tendências visuais? Onde você procura suas referências?

Eu tenho tendência a usar muitos simbolismos. Árvores, fechaduras, chaves, olhos e insetos aparecem em grande parte dos meus trabalhos. Minha paleta de cores contém muito azul e vermelho claro. Eu normalmente busco as minhas referências do cotidiano, além das artes que coleciono e livros, em especial os de fotografia.

[Zupi] Você tem algum novo projeto que gostaria de nos contar a respeito?

Eu atualmente estou no processo de criar um curta de animação em stop motion. O projeto ainda está bem no começo, mas eu espero começar a filmar logo. Por causa disso eu estou planejando fazer as coisas com um pouco mais de paciência, enquanto meus trabalhos estão pelas mostras que citei. Mesmo assim, continuarei pintando.

[Zupi] Quais as dicas para aqueles que estão começando agora?

O mais importante é ser sincero consigo mesmo como artista e não tentar agradar aos outros. Se o artista faz uma arte verdadeiramente significativa e que tenha uma forte conexão com ele, outras pessoas vão querer ser tocadas por isso também. Não deixe nada tirar o foco do que você realmente ama fazer e deseja alcançar. É preciso colocar em mente que sempre haverá pessoas que rejeitarão o que foi feito. Não deixe isso influenciar. Trabalhe duro e acredite no que você faz. O resto virá naturalmente.

image

Compartilhe via...

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn