Mauricio de Sousa no Pixel Show 2013!

Mauricio de Sousa é sem dúvida o criador de uma linguagem que fez parte da infância de muita gente. Dominando mais de 80% do mercado brasileiro, a Turma da Mônica conquistou um lugar especial entre tantas publicações. Para dividir conosco seus conhecimentos e brilhantismo, Mauricio de Sousa irá palestrar no Pixel Show 2013. Já que a ansiedade é grande, nós vamos divulgar exclusivamente para vocês, nossos queridos leitores, parte da nossa entrevista com o Mauricio de Sousa. O restante da entrevista vocês terão que conferir na nossa edição número 37, que sai em outubro. Enquanto isso, fiquem com gostinho na boca e inscrevam-se no Pixel Show, o lote 2 está acabando, não fiquem de fora!

[row]Arte_Painel[/row]

Zupi: Qual o segredo pra linguagem da Turma da Mônica continuar fazendo sucesso com as crianças e jovens depois de tanto tempo?

Mauricio de Sousa: “Depois de tanto tempo” dá a impressão de que ela está com a mesma linguagem e não está, nesse tempo todo eu tive dez filhos e conversei com todos eles e cada um possui uma linguagem diferente, cada um fala igual a “tribo” do seu determinado tempo. Consequentemente, eu e os roteiristas sofremos essas influências. Os personagens estão aí, vivos, as características principais se mantêm, mas, a comunicação mudou. As nossas criações acompanharam a linguagem do tempo, com os seus modismos, mudanças, gírias e os assuntos do momento. A Turma da Mônica tem que falar sempre a língua do dia e da hora, assim, ela faz 50 anos e ninguém percebe que o tempo passou. 

Zupi: No início da sua carreira você imaginava que iria alcançar tamanho sucesso?

Mauricio de Sousa: Lógico que não. Eu tenho falado várias vezes, ninguém planeja sucesso, você planeja o que você vai fazer torcendo pra dar certo e a gente também se prepara pra isso. Pra se preparar pra esse tipo de coisa que eu faço é preciso estudar mercado, em que nicho você vai estar, quem vai comprar o seu material, o que você vai dar para o seu público, é meio complexo. Mas, mais uma vez se parece com a história de um filho, que você educa, estuda com ele e pelo o que ele faz, gosta, prefere, você vai sentir se ele vai pra exatas, pra humanas, se vai ser médico, corretor, cantor. A gente sente isso nos filhos, a gente sente isso também pela reação do público a um personagem nosso. Eu sempre achei que um personagem podia caminhar, mas eu não tinha certeza se ia acontecer. Eu tinha certeza que eu queria fazer tudo isso. E eu tinha certeza de que eu não ia fracassar. Um projeto não dar certo, isso é natural, mas a gente tem que acertar mais do que errar, aconteceu sempre isso com o nosso material. Eu planejei tudo isso, mas, nunca, ninguém tem certeza se tudo vai dar certo.

[row]Mauricio de Sousa 058[/row] [row]Evolução Cascão 01[/row] [row]Evoilução chico Bento 01[/row]

Os logos a baixo se referem ao evento Pixel Show 2013. Saiba mais e INSCREVA-SE em: www.pixelshow.com.br/index.php

patrocinio-pixel-show-zupi

Compartilhe via...

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Abasteça com ideias lendo novas histórias abaixo