Diferente de algumas de suas outras obras, que geralmente mostram animais cadavéricos em estágios já avançados de decomposição, o novo trabalho de ROA foge um pouco do padrão, já que seu novo bicho é representado no momento de sua morte.

Se para alguns a mudança pode significar o mesmo que trocar seis por meia dúzia, para ROA foi certamente mais do que isso, já que na criação dessa peça o belga agregou uma técnica diferente da que lhe é habitual. Para destacar o efeito da cabeça da pomba explodindo, usou jatos de tinta vermelha, deixando suas tradicionais hachuras em preto para o resto do corpo da pobre ave.

A obra foi criada em uma refinaria de petróleo, na Califórnia. Será qualquer relação com os inúmeros casos de vazamento da substância mera coincidência?

image

image

image

image

image

image

image

image

+ Informações:
Flickr: ROA Graffiti

Compartilhe via...

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Abasteça com ideias lendo novas histórias abaixo