CLUBE  •  PIXEL SHOW  •  CONFERÊNCIA  •  PROGRAMAÇÃO  •  SKETCH  •  FEIRA

No último editorial da Juxtapoz, é discutida a frase de William Haugh, afirmando que a arte da revista seria o Novo Punk Rock. De forma pouco sutil, é notável o desespero artístico em suas páginas: um turbilhão de informações e imagens jogadas aos olhos do leitor em uma diagramação modernosa. Porém, não chega a ser desagradável. Pelo contrário.

Norte-americana, a revista Juxtapoz é mensal e apresenta uma galeria de artistas underground expondo seus experimentos em todas as áreas possíveis. Já se tornou império com direito a promoção de eventos e mega loja de produtos artísticos. O objetivo da revista tem algo de revolucionário: procuram avançar a discussão das formas relevantes e sociais da crítica de arte, assim como examinar estilos de vida e culturas relativas a este processo.

Bem formulada e trazendo artistas de peso como o fotógrafo David LaChapelle e o brasileiro Herbert Baglione, o quê a Juxtapox tem de Novo Punk Rock? O Punk Rock seria o movimento musical cuja atitude principal remete ao “faça você mesmo”. A Juxtapoz passa por um veículo independente, desafiador e cada vez mais atual. Discutindo a frase de William Haugh, chegamos à seguinte conclusão: a revista não é somente o novo punk rock, mas sua verdadeira estética desavergonhada e redesenhada para o público dos dias de hoje. Comparação perfeita.

image
Capas das edições setembro e julho de 1999.

image
Interior da edição de julho de 1999.

+Informações:

Site: Juxtapoz

Compartilhe via...

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn