Olá,

Acabo de receber o livro “Estética Marginal”. Parabéns! Os textos sao esclarecedores, as imagens excelentes, o ¨lay-out” é fabuloso, o livro é um “must” para qualquer crítico de arte, nao somente para os especialistas do graffitti. A equipe da Zupi fez um trabalho genial, no sentido literal da palavra.

Estou feliz em ver que Mauricio Villaca me menciona no texto dele. Me lembro do nosso encontro, ele me perguntou o que eu pensava da obra dele; eu “diagnostiquei” ele como Artista Brut e fiz referencia ao texto de Jean Dubuffet para ele melhor entender o que era esta categoria de artistas. Também mencionei minha relação com a Dra. Nise da Silveira; eu visitei regularmente durante três anos o Serviço de Ergoterapia que a Dra. Nise dirigia no Hospital Psiquiatrico de Engenho de Dentro, RJ. Organizei em 1981 na Bienal de Sao Paulo o colóquio internacional sobre Art Brut, convidando a Dra. Nise da Silveira para uma conferencia nesse colóquio. Escrevi um texto no catalogo da “Arte Incomum”, título que o curador geral da Bienal, Professor Walter Zanini, tinha dado a esta Secção da Bienal que ocupou um andar inteiro do prédio no parque Ibirapuera. Visitei vários países com o Presidente da Bienal, Dr. Luiz Villares, para seleccionar artistas Bruts – na Franca, na Suica, entre outros.

Maurício Villaca e Alex Vallauri, que também conheci em Sao Paulo, estão falecidos. Maurício criou uma Galeria de Art Brut. Ainda existe esta galeria? Não consegui saber procurando na Internet.

Assinalo para você que existe um grupo na Franca, chamado Mycelium, dirigido pelo meu amigo Laurent Aublin, que trata de detectar e expor artistas Bruts.

Gratíssima por seu envio de um livro de arte excelente. Votos para um Feliz Ano 2013. Um grande abraço,

Josette

- Josette Balsa

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp