CLUBE  •  PIXEL SHOW  •  CONFERÊNCIA  •  PROGRAMAÇÃO  •  SKETCH  •  FEIRA

Ilustração 3D por Victor Hugo

Fã assumido de tudo que é do universo nerd, o artista Victor Hugo, de apenas 25 anos faz trabalhos que podemos tirar o chapéu. Especialista em ilustrações 3D, o artista trabalha em ilustrações 3D desde 2005 e, de 2008 até agora, ele está focado em ilustrações de propagandas e personagens. Confira aqui o papo que batemos com o cara.

Como começou o seu interesse pela arte? E pela ilustração 3D?

Eu sei que isso soa bem clichê, mas meu interesse pela arte veio desde pequeno. Durante a época de escola, meus cadernos haviam mais desenhos do que a matéria em si. Minha mãe pintava com acrilico em tela e sempre foi uma excelente desenhista, então tentar chegar no nivel dela sempre foi algo que sempre me motivou quando eu era mais novo. Porém meu interesse foi diminuindo por influência de alguns familiares que diziam que “desenho não dá dinheiro” ou que “não é emprego de verdade”.

Acabei deixando de lado a ilustração e quando fiz 17 anos prestei vestibular para História (sim, História) – e é claro que fui reprovado. No meu primeiro fim de semana a procura de emprego eu encontrei um anuncio para trabalhar num estúdio de 3d (e não pediam experiência! Incrivel, não?!). Eu, com 1 semana de estudos de 3d tentei a sorte na entrevista e acabei sendo selecionado para 1 semana de testes. No desespero para não perder essa oportunidade, acabei mergulhando de cabeça nos estudos e dei conta que era bem mais legal do que eu imaginava. Então resumindo, meu interesse por 3D surgiu de uma necessidade!

Quais são as maiores dificuldades no uso das técnicas para o efeito 3D em uma ilustração?

Acredito que a maior dificuldade na hora de fazer uma ilustração 3d é a preparação da cena (objetos, personagens, cenários…). Você é meio que obrigado e construir os elementos para que eles reajam corretamente com a luz ou com os materiais. Por exemplo, se você vai criar um quarto, mesmo que a cena mostre somente 2 paredes, você precisa fazer as 4, senão a entrada de luz e rebatimento não vão se comportar naturalmente.

Outra dificuldade também é que 3D exige mais do seu computador – quando você posiciona as luzes e as texturas existe uma parte do processo chamada “render” que é nada mais que o calculo de intensidade da luz, como ele vai se comportar com os materiais que você criou e como isso tudo interage com os objetos e outros elementos da cena. Essa “burocracia” acaba se tornando uma dificuldade em caso de cenas mais complexas. Na ilustração que eu fiz do garoto no metrô, por exemplo, para que a luz se comportasse de uma maneira parecida com a do metrô eu modelei o vagão inteiro(!).

Quais são as suas maiores influências?

Acho que a influência não só minha, mas de todo artista 3d é com certeza os grandes estúdios como a Pixar e Sony Imageworks, porém, a minha maior influência é o universo Nerd! Sempre fui apaixonado por games, quadrinhos e animes… então por isso grande parte do meu trabalho tem como tema coisas como Street Fighter e heróis da Marvel. Além desse universo, admiro muito artistas como Skottie Young, Renji Murata e Ben Hickling.

Como você trabalha luz e sombra no 3D?

Tecnicamente falando, a luz e sombra no 3d funciona meio que “automaticamente”: você posiciona um emissor (algo como uma lampada, sol on qualquer outro emissor de luz) e o software já calcula a sombra. Porém, isso não quer dizer é só colocar uma luz e pronto, tá tudo bonito! heh! Eu uso sempre como referência fotos e principalmente ilustrações 2d, que possuem rebatimentos e tons mais bonitos do que o que seria gerado automaticamente pelo software. Então para trabalhar de uma maneira legal a luz/sombra no 3d você precisa se preocupar com rebatedores, tons certos de luz, atmosfera e assim vai – e é claro, MUITOS testes.

Quais são seus próximos projetos?

Há um tempo estou focando meu tempo livre para investir na produção de um curta baseado em Street Fighter chamado “Street Fighter III – Fuurinkazan” – é algo que leva tempo e dá BASTANTE trabalho, mas estamos (eu e um amigo animador que entrou nessa comigo) quase terminando os animatics. Já temos os personagens e cenário prontos. Nosso plano é até o fim do ano ter um teaser pronto para poder promover o curta, que é mais uma homenagem de fã para fã da série de jogos da Capcom.

+ Informações aqui: Victor Hugo

Compartilhe via...

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn