CLUBE  •  PIXEL SHOW  •  AGENDA  •  FEIRA

A HTT anunciou um novo acordo para implementação do transporte de passageiros a velocidades de até 1223 km/h

[vc_row][vc_column][vc_column_text][/vc_column_text][/vc_column][/vc_row][vc_row][vc_column width=”1/2″][vc_column_text]

A Hyperloop Transportation Technologies (HTT) está desenvolvendo e construindo um sistema de mobilidade ponta a ponta com patentes tecnológicas únicas para transportar pessoas e cargas à velocidades próximas do som de forma segura, eficiente e sustentável. Agora, está mais um passo a frente de revolucionar os transportes pelo mundo, anunciando um novo acordo que iniciará o estudo de rotas entre as cidades norte-americanas de Cleveland e Chicago.

Com o Hyperloop em funcionamento, a tecnologia poderá fazer o transporte de passageiros a velocidades de até 1.223 km/h, utilizando apenas energia renovável para seu funcionamento. O acordo para iniciar o estudo de viabilidade dessas rotas foi assinado entre a Agência de Coordenação Northeast Ohio Areawide (NOACA) e o Departmento de Transportes de Illinois (IDOT).

[/vc_column_text][/vc_column][vc_column width=”1/2″][vc_column_text][/vc_column_text][/vc_column][/vc_row][vc_row][vc_column][vc_column_text]

Segundo os dirigentes da HTT, diversos corredores já foram identificados para o estudo na ligação entre as duas cidades. O apoio ao sistema Hyperloop da HTT tem sido amplo em toda a região, com a legislatura de Ohio aprovando uma resolução para a iniciativa em 2017. Em janeiro deste ano, a HTT trabalhou ao lado de um grupo bipartidário de representantes do Congresso de vários estados, incluindo Illinois, Ohio, Pensilvânia e Wisconsin, que enviou uma carta formal ao presidente Donald Trump solicitando suporte de financiamento de infraestrutura para desenvolver o sistema.

Como parte deste movimento crescente, a HTT formou um consórcio regional em torno do projeto para incluir diversas outras organizações importantes. Um evento está agendado para 26 de fevereiro em Cleveland, no Great Lakes Science Center, onde serão revelados detalhes adicionais, juntamente com a crescente lista de membros do consórcio.

[/vc_column_text][/vc_column][/vc_row][vc_row][vc_column][/vc_column][/vc_row][vc_row][vc_column][vc_column_text][/vc_column_text][/vc_column][/vc_row]

Compartilhe via...

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn