SHOP  •  PIXEL SHOW  •  CONFERÊNCIA  •  PROGRAMAÇÃO

Histórias de amor esculpindo objetos de design

O Love Project é uma experiência de design, ciência e tecnologia que transforma emoções captadas em narrativas de amor em objetos do cotidiano. O projeto sugere um futuro em que produtos únicos carreguem histórias íntimas e pessoais, de modo que o seu ciclo de vida seja muito mais longo, num conceito de sustentabilidade afetiva. A complexidade envolvida no desenvolvimento deste projeto só o tornou possível graças a uma equipe multidisciplinar, num processo colaborativo de design compartilhado: São muito os autores desse projeto. O Love Project busca incluir o consumidor final no próprio processo de criação, democratizando e desmistificando o uso de tecnologias numéricas. Ele investiga novas possibilidades advindas com a Era Digital explorando horizontes da Indústria do Design, e sua nova lógica de criação, produção, transporte e venda. Este projeto foi pensado para acontecer em três etapas principais, sempre conectadas pelo amor.

Love-Project_Apresentacao-zupi

ETAPA 1. PRIMEIROS EXPERIMENTOS

Sensores são conectados a convidados que devem narrar sua maior história de amor. Os sensores coletam dados da emoção desse convidado e uma interface gráfica, criada pela D3, faz a leitura desses dados e os utiliza para moldar peças de design, através de uma programação desenvolvida no software Grasshoper. Os objetos resultantes deste processo são fabricados por impressão 3D.

Love-Project_Sensores-zupi

Love-Project_La°s-Del-Bianco-zupi

Como?

Após inúmeros testes com diferentes sensores, 3 tipos foram escolhidos: Sensor de leitura da atividade cerebral, sensor de batimento cardíaco e sensor de voz. Cada um destes sensores é plugado no convidado, coletando dados das alterações físicas contidas na emoção de sua narrativa. Para estes sensores captarem os dados com maior precisão, os convidados ficam isolados, de modo que possam expor seus sentimentos mais intimamente.

Love-Project_Infografico-zupi

Utilizando o ambiente computacional Processing, uma interface foi criada pela D3 para interpretar os dados coletados pelos sensores, transformando os diferentes inputs numa única linguagem, e permitindo a visualização em tempo real da emoção dos convidados. Em seguida esses dados são enviados para o Software Paramétrico Grasshoper, onde desenvolvemos uma programação que modela objetos tridimensionais. Essa modelagem é feita através de um sistema de partículas. Casa partícula tem um comportamento diferente, que é alterado pelos dados dos sensores.

Por exemplo, o sensor de voz é responsável pela velocidade das partículas, o batimento cardíaco responde pela alteração de espessura e as ondas cerebrais fazem as partículas se atraírem ou se repelirem entre si. Para guiar estas partículas, de modo que a forma final fosse um objeto funcional, criamos um grid de forças que norteia o caminho que as partículas devem seguir durante o seu percurso.

Love-Project_Experimentos-zupi

Assim, esse primeiro experimento modela 3 objetos diferentes, um vaso, uma luminária e uma fruteira. Para criarmos esse grid de forças, o Love Project pesquisou o formato universal mais simples e geométrico destes objetos. O objeto final é visualizado no computador e em seguida enviado para uma impressora 3D, que pode imprimir os objetos em diferentes materiais, como ABS, Poliamida, Vidro, Cerâmica ou Metal. Cada peça é única, e contém as emoções mais íntimas da narrativa de amor.

Love-Project_vaso-zupiLove-Project_fruteira-zupi-2 Love-Project_fruteira-zupi Love-Project_vaso1-zupi

 

ETAPA 2. APLICATIVO PARA CELULAR

O Love Project está desenvolvendo um aplicativo que busca democratizar o experimento, de modo que qualquer pessoa, em qualquer lugar, possa narrar sua história e visualizar em tempo real no seu próprio celular um objeto de sua escolha. Esse objeto poderá ser impresso numa impressora 3D.

ETAPA 3. WORKSHOPS PARA CRIANÇAS E ADOLESCENTES

Para 2015, o LP procura desenvolver uma série de atividades educacionais que buscam popularizar processos de design com uso de tecnologias digitais interativas, como softwares paramétricos, escâner 3D, arduíno e outros microcontroladores, sensores e impressão 3D. Com foco em crianças e adolescentes de famílias de menor renda, essa etapa pretende ampliar seu universo de referências culturais além de desmistificar tais tecnologias, estimulando- as a desenvolverem seus projetos pessoais no campo do design.

O Love Project foi lançado aqui no Brasil na SPDW 2014 – São Paulo Design Weekend, que aconteceu no último final de semana, na Galeria Baró, com curadoria de Taissa Buescu, com apoio da revista Casa Vogue, da Galeria Coletivo Amor de Madre e da empresa de impressão 3D AKAD.

LOVE PROJECT – Estudio Guto Requena em colaboração com D3 Studio

Criado por: Guto Requena

Equipe de desenvolvimento Estudio Guto Requena: Mariana Schetini e Vitor Reis

Equipe de desenvolvimento D3 Studio: Edson Pavoni , Creative Director com Diego Spinola, Luka Brajovic, Luiz Gustavo Zanotello

Apoio: Impressão das 3 peças finais : Anacom Impressão em tempo real na performance: Akad Figurino: João Pimenta

Compartilhe via...

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Abasteça com ideias lendo novas histórias abaixo