Hercule Florence, o homem que documentou os índios brasileiros no século XIX

Já vimos aqui na Zupi o trabalho do chileno Criztto, que pesquisa e retrata os povos nativos da América Latina com ilustrações coloridas e estilizadas. Aqui no Brasil, no século XIX, nossos índios, nossa fauna e nossa flora já vinham sendo documentados por Hercule Florence.

Nascido em 1804, o artista e cientista franco-monegasco percorreu o interior do Brasil integrando, como desenhista, a expedição Langsdorff (1825-1829), missão científica que realizou um grande levantamento de dados geográficos e etnográficos no país no século XIX. Ao registrar em desenhos e aquarelas as paisagens, pessoas e cenas cotidianas dos locais por onde passava, Florence criou um valioso material iconográfico, especialmente sobre as populações indígenas (Apiaká, Munduruku, Bororo, Guaikuru/Kadiwéu, Kayapó do Sul/Panará, Coroado/Kaingang, Xavante paulista, Guaná e Guató) que habitavam o território brasileiro naquela época, desde São Paulo, passando pelo Mato Grosso, até o Amazonas.

Hercule-zupi hercule-zupi2 hercule-zupi3 hercule-zupi4 hercule-zupi5 hercule-zupi6 hercule-zupi7 hercule-zupi8 hercule-zupi9 hercule-zupi10 hercule-zupi11

(Imagens pertencentes ao Arquivo da Academia de Ciências de São Petersburgo)

Alguns desses trabalhos (desenhos e textos) estão reunidos na exposição “O Olhar de Hercule Florence sobre os Índios Brasileiros”, em cartaz até 30 de junho na Sala Multiuso da Biblioteca Brasiliana Guita e José Mindlin da Universidade de São Paulo.

A exposição conta também com objetos do Museu de Arqueologia e Etnografia da USP (MAE-USP), fotografias do Instituto Socioambiental, Museu do Índio e LISA-USP, obras da Biblioteca Brasiliana Guita e José Mindlin, vídeos e mídias digitais que documentam as dinâmicas destes grupos indígenas e mostram sua situação atual.

A realização é do Instituto Hercule Florence, em conjunto com o Governo do Estado de São Paulo, a Secretaria da Cultura, a Biblioteca Brasiliana Guita e José Mindlin, o MAE-USP e o Instituto Socioambiental. A curadoria, pesquisa e textos são de Glória Kok e Francis Melvin Lee.

O Olhar de Hercule Florence sobre os Índios Brasileiros

Local: Sala Multiuso da Biblioteca Brasiliana Guita e José Mindlin (Rua da Biblioteca, s/nº, Cidade Universitária, São Paulo, SP)

Quando: até 30 de junho de 2015

Horário: segunda a sexta, das 8h30 às 18h30

Entrada gratuita

Mais informações aqui.

Share on facebook
Share on pinterest
Share on twitter
Share on linkedin

Toda semana, uma enews com um incrível artigo
que vai surpreender sua mente criativa.

Submit

Cadastre seu email.

Fique de olho em nossas redes sociais. Siga a gente no Pinterest, Twitter, Facebook & Instagram.

A Zupi é a revista oficial do Pixel Show, o maior festival da América Latina de criatividade.

ENTRE EM CONTATO

TELEFONE:
+55 11 3926-0174
+55 11 96569-8348 (Whatsapp)

ENDEREÇO

Rua Conde de Irajá, 208 –
Vila Mariana, São Paulo – SP,
CEP: 04119-010

ATENDIMENTO

Via Ticket, Chat, eMail ou Telefone
Segunda – Sexta
9h – 18h

Receba nosso conteúdo mensalmente por e-Mail
Cadastre-se
Junte-se a mais de 80mil criativos
close-image
Conteúdo

...