SHOP  •  PIXEL SHOW  •  CONFERÊNCIA  •  PROGRAMAÇÃO

Artista brasileiro Gustavo Malucelli participará da Ghetto Biennale, no Haiti

Screen Shot 2015-11-11 at 3.14.56 PM

Em plena favela do Haiti, em 2009, nasceu a Ghetto Biennale, uma bienal de arte que convida cineastas, fotógrafos, músicos, escritores, arquitetos e artistas plasticos regionais e globais a irem até a região de Grand Rue, principal avenida do centro de Porto Principe, para produzirem e testemunharem os trabalhos feitos. Este ano, o tema central da bienal é “Kreyòl, Vodu e o Lakou: Formas de resistência”.

“Um conjunto extremamente forte de formas culturais – a linguagem Kreyòl, a religião Vodou e formas inovadoras de gerir a propriedade da terra (Lakou) possibilitaram os Haitianos a construir uma sociedade capaz de resistir a todas as formas de sujeição (o que lembra os tempos da escravidão)”, escrevem no site.

ghetto biennale-zupi1Imagem via Catarse.

Um dos artistas convidados a participar dessa edição é o curitibano Gustavo Malucelli, que já viajou para a Jamaica e para uma ilha deserta nas Filipinas para produzir sua arte. O projeto Alivium parte do seguinte pensamento: “não podemos curar todas as doenças, mas podemos aliviar toda dor”. Tudo começou com uma pesquisa, e Gustavo mergulhou na cultura haitiana e na religião local para coletar o máximo sobre todos os tipos de experiências e rituais. Assim, o artista se propôs a criar de 4 a 5 murais sequenciais, com um deles aqui no Brasil, para representar a ligação geográfica e cultural entre os dois países.

ghetto biennale-zupi3Imagem via Catarse.

Para financiar sua ida, Gustavo criou um projeto no Catarse, que acaba amanhã. As recompensas para os apoiadores vão desde sketches e imagens que fizeram parte do processo de criação (R$10), até um mural exclusivo feito pelo artista na parede da sua casa (R$3000).

“A imersão começou em Curitiba, cidade com cerca de 4 mil haitianos, e se intensificará durante a sua estadia no Haiti. […] As vivências do artista durante 18 dias no Haiti e toda a pesquisa que já vem sendo produzida irão alimentar as imagens de murais simbólicos e ilustrados #euTRIBO”.

Compartilhe via...

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Abasteça com ideias lendo novas histórias abaixo