CLUBE  •  PIXEL SHOW  •  CONFERÊNCIA  •  PROGRAMAÇÃO  •  SKETCH  •  FEIRA

Fotógrafo usa experiência pessoal para retratar depressão

[vc_row][vc_column][vc_column_text]O fotógrafo Gabriel Isak encontra consolo na arte imitando a vida. Durante anos, foi ela quem o ajudou a lidar com a depressão. Usando ideias de fotografias surrealistas e uma paleta com poucas cores, Isak retrata figuras solitárias que frequentemente existem entre paisagens grandiosas azuis e cinzas. Personagens de costas para a câmera ou com os rostos escondidos para simbolizar as lutas enfrentadas nos estados insconsicentes da mente. As fotografias oferecem uma espécie de tela em branco e permitem um espaço para refletir sobre nossa própria saúde mental.

Isak começou a fotografa há mais de uma década, junto com a primeira vez que enfrentou a depressão. Ele conta que a fotografia o permitiu fugir para um mundo diferente. ALguns meses depois, no entando, Isak caiu profundamente nos braços da depressão e sua paixão pela arte adormeceu.

Em 2014, Isak encontrou-se do outro lado da doença mental e buscou a fotografia novamente. Foi então que ele começou a explorar inconscientemente suas experiências passadas com a depressão.[/vc_column_text][vc_single_image image=”148365″ img_size=”full”][vc_empty_space][vc_single_image image=”148364″ img_size=”full”][vc_empty_space][vc_single_image image=”148363″ img_size=”full”][vc_empty_space][vc_single_image image=”148362″ img_size=”full”][vc_empty_space][vc_single_image image=”148361″ img_size=”full”][vc_empty_space][vc_single_image image=”148360″ img_size=”full”][vc_empty_space][vc_single_image image=”148359″ img_size=”full”][vc_empty_space][vc_single_image image=”148358″ img_size=”full”][vc_empty_space][vc_single_image image=”148357″ img_size=”full”][/vc_column][/vc_row]

Compartilhe via...

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn