Fotógrafo usa experiência pessoal para retratar depressão

O fotógrafo Gabriel Isak encontra consolo na arte imitando a vida. Durante anos, foi ela quem o ajudou a lidar com a depressão. Usando ideias de fotografias surrealistas e uma paleta com poucas cores, Isak retrata figuras solitárias que frequentemente existem entre paisagens grandiosas azuis e cinzas. Personagens de costas para a câmera ou com os rostos escondidos para simbolizar as lutas enfrentadas nos estados insconsicentes da mente. As fotografias oferecem uma espécie de tela em branco e permitem um espaço para refletir sobre nossa própria saúde mental.

Isak começou a fotografa há mais de uma década, junto com a primeira vez que enfrentou a depressão. Ele conta que a fotografia o permitiu fugir para um mundo diferente. ALguns meses depois, no entando, Isak caiu profundamente nos braços da depressão e sua paixão pela arte adormeceu.

Em 2014, Isak encontrou-se do outro lado da doença mental e buscou a fotografia novamente. Foi então que ele começou a explorar inconscientemente suas experiências passadas com a depressão.

Share on facebook
Share on pinterest
Share on twitter
Share on linkedin

Toda semana, uma enews com um incrível artigo
que vai surpreender sua mente criativa.

Submit

Cadastre seu email.

Fique de olho em nossas redes sociais. Siga a gente no Pinterest, Twitter, Facebook & Instagram.

A Zupi é a revista oficial do Pixel Show, o maior festival da América Latina de criatividade.

ENTRE EM CONTATO

TELEFONE:
+55 11 3926-0174
+55 11 96569-8348 (Whatsapp)

ENDEREÇO

Rua Conde de Irajá, 208 –
Vila Mariana, São Paulo – SP,
CEP: 04119-010

ATENDIMENTO

Via Ticket, Chat, eMail ou Telefone
Segunda – Sexta
9h – 18h

Receba nosso conteúdo mensalmente por e-Mail
Cadastre-se
Junte-se a mais de 80mil criativos
close-image
Conteúdo

...