CLUBE  •  PIXEL SHOW  •  CONFERÊNCIA  •  PROGRAMAÇÃO  •  SKETCH  •  FEIRA

Estúdio Colletivo
Fundação: Maio 2003

Colletivo

image

[Zupi] Antes de qualquer coisa, gostaríamos que vocês explicassem no que consiste o Colletivo Design e quem são os profissionais que compõe esta equipe.

Bom, o Estúdio Colletivo é um grupo multi-disciplinar de profissionais do design que tem apresentado trabalhos que envolvem desde produção gráfica até digital e isso envolve projetos de ilustração, identidade, internet e até motion (por enquanto a parte menos explorada). A idéia do estúdio é trabalhar sempre entre o muro que divide o experimental e o comercial, principalmente porque acreditamos que as novas propostas nascem do experimental.

O que mais tem funcionado no estúdio é o fato de termos uma equipe com profissionais que se completam. Assim, dividimos funções de acordo com a característica de cada um, por exemplo, como a equipe é pequena, o Fábio Couto é quem cuida da parte de programação, lógica e animação, já a Vanessa, além de atender a maioria dos clientes, está na criação, juntamente comigo (Marcelo Roncatti), que acabo cuidando do planejamento do próprio estúdio. Ainda temos o Alexandre Braga, nosso mais novo membro, que, além de ser diretor de arte, está trazendo ótimas possibilidades de trabalhos para o estúdio. Resta falar do David Bergamasco, o nosso ilustrador oficial, que também trabalha com design gráfico.

[Zupi] Em que momento vocês optaram por unir forças e criar o Colletivo?

Foi um processo natural, estudamos e formamos um bom grupo na universidade, a partir daí, vimos que além de todos estarmos infelizes com nossas situações profissionais na época, podíamos segurar a onda dos nossos trabalhos e nos firmamos como uma equipe para trabalhos como freelancers. Desta situação para a formação do estúdio foram poucos passos. O difícil foi saber que estávamos todos nós sacrificando nossas vidas pessoais e nossa independência financeira para apostar em algo que requer muita dedicação.

[Zupi] Como é o processo de criação dos projetos desenvolvidos por vocês?

Bom, antes de tudo, temos um processo claro para os projetos, de quando ele é aprovado, tentamos (na medida do possível) fazer um bom briefing do cliente para não errarmos no problema a ser resolvido. Depois do briefing, a maioria dos projetos começa no papel, temos muitos cadernos rascunhados, é onde podemos ultrapassar a área limitada do computador, onde podemos experimentar novos processos e fazer fluir novas idéias.

Mas não temos uma regra específica na ordem do processo criativo, muitas vezes um projeto ainda está no começo e já estamos testando vetores com traços à mão ou outras técnicas no próprio computador, que acaba sendo uma ferramenta muito útil, principalmente na finalização dos projetos.

[Zupi] Ilustrações e Design ainda são observados com cautela no Brasil. Como vocês lidam com esta problemática para conseguir sobreviver no mercado nacional?

Sim é verdade, é difícil encontrar no Brasil, principalmente para um estúdio pequeno como o nosso, um cliente disposto a entender o verdadeiro propósito de estar contratando um estúdio de design, o que acaba sendo até engraçado em certas ocasiões. Procuramos mostrar nossas intenções como estúdio, entrarmos em contato com possíveis clientes com propostas mais parecidas com as nossas, mas estamos dispostos a qualquer tipo de trabalho relativo ao design. Um estúdio pode mostrar suas intenções com o mercado, mas não pode escolher seus clientes, principalmente um estúdio pequeno como o nosso.

[Zupi] O Brasil tem potencial e estrutura para auxiliar o desenvolvimento destas artes?

Acreditamos que sim! É só uma questão de amadurecimento, quanto mais profissionais capacitados e dispostos a novas propostas visuais em ilustração e design e quanto mais propostas relevantes, maior serão os clientes dispostos a apostar e entender a função do profissional de design.

[Zupi] Quais foram os principais trabalhos já desenvolvidos pelo estúdio? E qual deles foi o que mais agradou a vocês?

Acho que estamos para produzir nossos principais trabalhos ainda, não somos um estúdio com tempo suficiente para escolher os principais projetos. Mas tem dois projetos que tem agradado muito todos por aqui, que é o calendário Complexo 12 (https://www.complexo.net), organizado pela marca V.Rom e patrocinado pela Sky, sob nossa curadoria juntamente com o pessoal da V.Rom. O outro é a comunicação para o refrigerante Mountain Dew (https://www.mountaindew.com), feita especialmente para o X-Games de inverno, que acabamos de fazer.

[Zupi] Qual é o atrativo central do trabalho de vocês?

Acho que é a nossa capacidade de adaptação a qualquer tipo de trabalho, de desenvolver trabalhos complexos de ilustração, trabalhos totalmente vetoriais, contemporâneos ou tradicionais, isso sem perder a personalidade.

image

[Zupi] O Colletivo tem um estilo próprio?

Nos projetos experimentais e de auto-promoção, sim! Não sei se temos este  estilo próprio ainda, mas estamos buscando.

[Zupi] O que serve de inspiração na hora de criar visuais?

Nossa, são tantas coisas que colocamos para experimentar que fica difícil mencionar, mas diria que as cenas do cotidiano e a forma de vida de cada um influencia bastante no trabalho, principalmente no que diz respeito ao visual criado para o próprio estúdio.

[Zupi] Existem artistas e profissionais nos quais vocês se espelham?

Sim, estamos tendo a honra de conhecer pessoas muito legais, que além de admirar o trabalho, têm nos ajudado a mostrar o nosso por aí. Acho que se fosse espelhar nossa conduta profissional em alguém aqui no Brasil, eu diria que a forma como os designers Elesbão e Haroldinho trilharam suas carreiras, a forma coerente de seus trabalhos e a comunicação com outros profissionais (incluo aí os estudantes de design) me agrada bastante. Mas não seria honesto de nossa parte não mencionar os estúdios novos, como o pessoal do Nitrocorpz, Agente Design, Nervo Criático, Doma (Argentina) e designers como Nando Costa, entre outros que merecem também todo nosso respeito e admiração.

[Zupi] O que o Colletivo reserva em termos de novos projetos para 2005?

Muito trabalho, com certeza. Bom, em breve nosso novo site estará no ar, colocaremos coisas novas, mas acho que ainda este ano muitos trabalhos interessantes já estarão acontecendo. Esperamos que todos gostem!

image

Compartilhe via...

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn