Episódio 15 da série “Sampa Graffiti”

Nessa edição você acompanha uma entrevista com o grafiteiro e artista plástico Vermelho, 37. A gravação foi realizada na Vila Maria Zélia, feita para os funcionários de uma fábrica.

“A cidade de São Paulo é muito cinza, às vezes a pessoa trabalhou o dia inteiro, e ela passa, vê um muro colorido e, por um segundo ou dois, parou para ver uma obra e sorriu. Esse momento, pagou todo o material, todo o perigo e risco… Isso não tem preço”

“Minha mão suja de tinta é o que me motiva sempre, enquanto eu conseguir, vou fazer”

+ Informações aqui: Sampa Graffiti

Compartilhe via...

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Abasteça com ideias lendo novas histórias abaixo