CLUBE  •  PIXEL SHOW  •  CONFERÊNCIA  •  PROGRAMAÇÃO  •  SKETCH  •  FEIRA

É hora de termos mais mulheres na computação

[vc_row][vc_column][vc_single_image image=”146935″ img_size=”full” alignment=”center”][vc_empty_space][vc_column_text]Livro inspirador surge com a proposta de desmistificar a questão de gênero na computação. As inspirações para a criação do livro surgiram das ações do Programa Meninas Digitais da Sociedade Brasileira de Computação (SBC), que também é patrocinadora do projeto. Sobre o projeto? Têm como objetivo fomentar a inclusão femininae colaborar no processo de empoderamento de meninas e mulheres na área de TI –, e dos estudos sobre a representatividade das mulheres em Computação.

Pode ser que muitos não saibam, mas as mulheres desempenharam um papel fundamental na história da tecnologia e para contar a história destas personagens para as crianças, esse livro cai como uma luva. Sendo o primeiro livro infantil em português sobre o tema, “A vida de Ada Lovelace”, conta a história dessa mulher reconhecida internacionalmente como a primeira programadora da história, desenvolveu o primeiro programa de computador (algoritmo) muitos anos antes do computador ser construído.

Sílvia Amélia Bim, embaixadora do Programa Meninas Digitais da Sociedade Brasileira de Computação (SBC), conta que a importancia desse livro consiste na oportunidades das famílias e da escola de conversar sobre a representatividade de mulheres na Computação desde cedo. “A história de Ada Lovelace é encantadora e inspiradora. Ela fala da influência da família em nossas escolhas, da importância da família em desenvolver nossas habilidades. Fala também das possibilidades de parceria entre mulheres (Ada Lovelace) e homens (Charles Babbage) para elaborar e realizar projetos para melhorar a vida das pessoas. Trata ainda de mostrar que as pessoas que trabalham com Computação tem vida social (Ada e Lovelace se conheceram em uma festa), tem vida pessoal (Ada foi casada e teve três filhos). Por fim, ilustra que para atuar na Computação diferentes habilidades são necessárias. Ada só pode elaborar o primeiro programa de computador pois além de seus conhecimentos sobre Matemática tinha também uma ótima habilidade para comunicar tais conhecimentos, em diferentes línguas, no caso dela, inglês e francês”, conta.[/vc_column_text][vc_empty_space][vc_single_image image=”146936″ img_size=”full” alignment=”center”][vc_empty_space][vc_single_image image=”146938″ img_size=”full” alignment=”center”][vc_empty_space][vc_column_text]De acordo com a autora, é necessário desmistificar a Computação cada vez mais cedo. E um livro infantil, contando a história de uma mulher que tem um papel muito significativo na história da Computação, pode ser um elemento importante para motivar meninas a escolherem esta área para atuação profissional. “Além disto, mostra para os meninos que as mulheres sempre contribuíram significativamente para construir a área de Computação. A leitura compartilhada com pais, mães, avós, tios e tias, pode mostrar para toda a família que Computação pode ser uma paixão e uma profissão para todo mundo, independentemente de gênero”, esclarece Sílvia.

O livro foi produzido de maneira independente e começou em 2015 quando Sílvia soube dos livros da Ada Lovelace haviam sido publicados em inglês. Após várias tentativas frustadas de publicação com alguma editora, decidiu criar por conta própria. Conversou com uma turma do curso de especialização em Narrativas Visuais da UTFPR-Curitiba para saber quem tinha interesse em ilustrar a história. Kiara Cabral topou o desafio e após várias reuniões, longas mensagens de texto e áudios o livro nasceu. Sílvia ainda conta que existem projetos para futuros livros e que eles virão com o mesmo objetivo: “apresentar exemplos de pessoas que contribuíram e contribuem para o desenvolvimento e avanço da Computação. Queremos mostrar que a Computação é feita de pessoas para pessoas. E que há uma grande diversidade de pessoas que atuam e podem atuar nesta área”, explica.

Se você se interessou ou sabe de alguém que vai amar receber esse livro, o valor é de R$ 20 + frete e para sua aquisição é só entrar em contato com os coordenadores do Programa Meninas Digitais pelo e-mail: meninasdigitaissbc@gmail.com

[/vc_column_text][/vc_column][/vc_row]

Compartilhe via...

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn