CLUBE  •  PIXEL SHOW  •  CONFERÊNCIA  •  PROGRAMAÇÃO  •  SKETCH  •  FEIRA

Ligar o passado e o presente num mesmo retrato não é novidade, como já vimos no projeto Age-maps, criado pelo americano Bobby Neel Adams. A inglesa Abigail Reynolds parte da mesma ideia, mas inova ao compor belíssimos trabalhos a partir de complicadas e cuidadosas dobraduras.

Reynolds recupera imagens antigas de paisagens e monumentos e as mescla com fotos atuais ou de épocas diferentes, que tenham sido tiradas de ângulos bem parecidos. Para encontras as imagens que deseja, a artista costuma frequentar sebos e mercados de pulgas: suas fontes preferidas são atlas, enciclopédias e guias turísticos.

No entanto, o mais trabalhoso de sua criação são as dobraduras: Abigail toma cuidado para preservar a foto inteira enquanto as modela e recorta. Assim, se alguém dobrar as partes para dentro ou para fora, poderá visualizar a imagem inteira.

Alguns trabalhos de Reynolds estão expostos na galeria de arte contemporânea Ambach & Rice, em Seattle, EUA. A mostra Collider foca na série The Universal Now, e fica em cartaz até dia 16 de janeiro. Veja abaixo algumas peças em exposição:

image

image

image

image

image

image

Via

+ Informações:
Site:
Abigail Reynolds

Compartilhe via...

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn