Descoberto livro de cores feito 271 anos antes da Pantone surgir

Antes de termos o guía de cores da Pantone não havia um sistema universalmente reconhecido para identificar cores. Não podemos dispensar as tentativas, a maioria foram falhas, mas essa em especial foi impressionante. Um artista, conhecido apenas como A. Boogert, criou uma literatura sobre a mistura das cores em 1692 manuscrito em holandês. Chamado de “Traité des couleurs servo à la peinture à l’eau”, era um guia de 800 páginas de cores e tintas, provavelmente era a peça mais abrangente nas cores na época. Apresentava amostras de cores, descrições e até instruções sobre como criar certos matizes e alterar o tom adicionando uma, duas ou três partes de água.

Erik Kwakkel é um historiador e foi o único que teve a chance de examinar o livro. Ao traduzir parte da introdução ele concluiu que o livro de cores era um guia educacional. Infelizmente, existe apenas uma única cópia do livro, então o número de pessoas a vê-lo será pequeno.

Atualmente, o livro é mantido na Bibliothèque Méjanes em Aix-en-Provence, na França.

Compartilhe via...

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Abasteça com ideias lendo novas histórias abaixo