Conheça A Lojinha, plataforma pra incentivar a cultura da arte de rua independente

Além de terem de lidar com todo o estigma que infelizmente ainda envolve a cultura da street art nosso país, os artistas independentes ainda vivem um grande dilema: o de não conseguirem viver da própria arte, já que há muito mais exploração do que apoio no mercado. Só quem passa por isso pode entender de verdade tudo o que se passa e pensar em soluções.

Foi o que fez André Fool: fazendo graffiti desde 2008, hoje aos 22 anos, produziu e distribuiu de forma independente duas estampas de camiseta, o que deu muito certo (mas ainda assim com grandes dificuldades em relação à entrega e pagamento dos produtos). Pensando nisso, criou A Lojinha – uma plataforma de comércio online e colaborativa que valoriza e incentiva os artistas a continuarem atuando de forma independente.

fool-sumareFool e sua arte em um dos muros do bairro do Sumaré, em São Paulo (Imagem: Cortesia André Fool)

A Lojinha é o lugar onde encontram apoio uns dos outros pra desenvolver os trabalhos (camisetas, pôsteres, gravuras, telas). Esses trabalhos são comercializados online e entregues via correios, facilitando o lado do artista e do público interessado. “O artista independente, como o nome já diz, não recebe ajuda de ninguém. O cenário independente é feito por nós mesmos, e por todos que estimulam o trabalho de alguma forma, seja divulgando, comprando uma obra, apoiando. Se o próprio circuito não se ajudar, ele morre. E essa foi a forma que encontrei de fazer a minha parte pra somar”, contou Fool.

entregaAs camisetas com as estampas de Fool, entregues casa a casa, eram uma das recompensas da campanha de crowdfunding (Imagem: Cortesia André Fool)

No ano passado, rolou uma campanha de crowdfunding pra arrecadar fundos pra viabilizarem o projeto d’A Lojinha. A meta foi alcançada e superada. O site ganhou uma nova roupagem e a loja voltou com força total. Pra marcar esse início com o pé direito, vai rolar o lançamento dos produtos do Eduardo Credo, grafiteiro, designer gráfico e educador cultural que espalha sua arte pelas ruas há pelo menos 15 anos. A partir de amanhã, 9 de outubro, suas pinturas originais e um vídeo de apresentação estarão disponíveis no site. Uma camiseta já está na pré-venda e pode ser adquirida aqui.

Pra finalizar, Fool manda o recado: não quer tirar vantagem de ninguém (o que vemos acontecendo por aí todos os dias, quando o assunto é street art e dinheiro). A Lojinha é um intermediador, um facilitador, e não uma grife, galeria, marca ou etc. Não temos intenção de lucrar sobre o trabalho dos outros artistas, tiramos das vendas só o necessário para a manutenção da plataforma.”

lojinha

Viva a lojinha! Acesse: site | facebook | twitter

 

Compartilhe via...

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Abasteça com ideias lendo novas histórias abaixo