Portfolios de artistas, designers, ilustradores, diretores de arte, artistas plásticos, arquitetos, publicitários, colecionismo, fotografia, animação, zupi tv e outros

Plátanoverde

“Tudo está em plátanoverde, plátanoverde está em todos nós.” Essa é a definição da revista, na verdade um “coletivo editiorial que gera plataformas expressivas de comunicação e informação”. A publicação, de origem venezuelana, sai a cada quatro meses discutindo artes, design, música, dança, e o que aparecer de interessante, sem colocar limites nos assuntos nem…

Rono Figueiredo

Rono Figueiredo Bahia, Brasil Confira mais trabalhos aqui. [Zupi] Em que momento da sua vida você começou a desenvolver seus dotes artísticos? Venho de uma família de artistas, minha mãe fazia pintura em cerâmica, tecido e outras peças artesanais e meu tio, Jairo Figueiredo que também é artista plástico sempre me incentivou. Desde muito cedo…

Elisa Sassi

Elisa Sassi São Paulo, Brasil Confira mais trabalhos aqui. [Zupi] Para dar o pontapé inicial, quem é Elisa Sassi segundo a visão da própria? Eu sou muito. Quando gosto, me apaixono. Quando não gosto, odeio. Quando quero, quero muito. Se consigo, ganho o dia. Se falho, vou para a psicóloga, dói, eu choro. É com…

Richard Calhabeu

Richard Calhabeu Nova Jersey, Estados Unidos Para contatar o artista, art.as.art@uol.com.br [Zupi] Quando você descobriu que tinha talento para a arte? Eu não descobri, sempre tive. Minha mãe fala que desde que eu peguei em um papel, comecei a desenhar personagens e figuras. E quando não tinha o papel e a caneta, brincava com a…

Alessandro Pautasso

Alessandro Pautasso Turim, Itália Confira mais trabalhos aqui. [Zupi] Em primeiro lugar, porquê tantos beijos? Tive vontade de criar uma série de ilustrações com o assunto do beijo pela belíssima pintura do Klimt. Porém, os criei diferentes, muitos deles com a variante do beijo lésbico, pelo qual sou apaixonado. [Zupi] Conte-nos sobre sua vida profissional…

Juxtapoz

No último editorial da Juxtapoz, é discutida a frase de William Haugh, afirmando que a arte da revista seria o Novo Punk Rock. De forma pouco sutil, é notável o desespero artístico em suas páginas: um turbilhão de informações e imagens jogadas aos olhos do leitor em uma diagramação modernosa. Porém, não chega a ser…