Portfolios de artistas, designers, ilustradores, diretores de arte, artistas plásticos, arquitetos, publicitários, colecionismo, fotografia, animação, zupi tv e outros

Casa Corallo

Trazer a natureza pra dentro de casa: quem não gostaria? Neste projeto residencial concebido pelo escritório Paz Arquitectura, a ideia é realizada ao pé da letra: a casa não apenas é cercada pela vegetação, como também tem algumas árvores passando através dela. Confira esse e outros charmes da Casa Corallo, na Guatemala.

Arte nos corpos

Olaf Breuning é um artista suíço que trabalha o corpo humano como tela em branco. Em sua exploração com as cores e a forma humana, faz inúmeras referências à história da arte, prestando homenagens à obra de Van Gogh, Mondrian, Miró, Pollock, Andy Warhol, Basquiat e muitos outros.

As corujas de John Pusateri

Os olhos amarelos, o comportamento solitário, os hábitos noturnos… difícil dizer o que mais fascina nas corujas. O artista John Pusateri capturou todo esse fascínio em uma série de desenhos à lápis de cor, intitulada Rabbit Destruction Council. Entenda o porquê do nome e babe nos belos desenhos.

Stinkfish em tour pela Europa

O artista colombiano Stinkfish está rodando a Europa e deixando pelos muros de lá retratos bem psicodélicos, baseados em fotografias que ele garimpa por aí, principalmente em revistas de lucha libre. Veja alguns trabalhos dessa série, realizada em países como França, Inglaterra e Alemanha.

Esculturas gigantes feitas de Flores

Na Holanda, mais especificamente em Zundert, um festival atrai milhares de pessoas às ruas, é o “Flower Parade”. Nesse festival, o público por ver inúmeras esculturas gigantes cobertas com flores. A beleza de cada uma das obras faz com que o festival cresça anualmente, atraindo cada vez mais pessoas para verem cada uma dessas belas esculturas! Confira.

Colorido e espontâneo

Minjae Lee é um jovem artista Sul Coreano, de 22 anos, cujo trabalho é cheio de cores fortes, cenas agressivas e uma inteligente mistura entre beleza, inocência e fragilidade. Lee, que é autodidata, usa ferramentas antigas, como marcadores, canetas, lápis e acrílicos para criar suas ilustrações. Seu dramático trabalho fica ainda mais autêntico por suas texturas e padrões.