Casa Econômica: execução mais rápida e redução do custo total da obra

Uma nova proposta de construção que tem execução mais rápida e redução do custo total da obra foi erguida na zona Sul de São Paulo. Batizada de Casa Econômica, a edificação de 32m² teve estrutura, cobertura e fechamento montados em três dias, 10 vezes mais rápido que uma construção tradicional. Como é um método industrializado, a construção total pode ser feita em até metade do tempo, quando comparada aos processos tradicionais, e com uma redução de cerca de 40% na necessidade de mão de obra.

casa-economica-zupi1 Foto: João Athaíde

casa-economica-zupiFoto: João Athaíde

O sistema construtivo é isotérmico, em painel sanduíche de poliuretano, o Elastopor. O método se adequa a vários tipos de projetos e as peças são encomendadas nas medidas exatas, garantindo a rapidez e a baixa geração de resíduos. A taxa de desperdício do material é de apenas 0,5%, o que representa oito vezes menos perdas do que o sistema tradicional.

A espuma rígida de poliuretano também garante conforto e economia de energia durante o uso da edificação, pois apresenta níveis de condutividade térmica baixíssimos quando comparado a isolantes convencionais: reduz em até 90% a transferência de calor entre os ambientes. É 20 vezes mais isolante que tijolos e 80 vezes mais que o concreto.

casa-economica-zupi3Foto: João Athaíde

A sustentabilidade é garantida ainda pela ausência de água em todo o processo produtivo, desde a fábrica até a instalação no local da obra.

“As propostas atuais para resolver a questão habitacional acabam repetindo os sistemas construtivos tradicionais ou trazem poucas inovações, mantendo a construção civil entre os setores que mais consomem recursos e geram resíduos”, considera Camila Lourencini, gerente da Estratégia para Indústria da Construção da BASF, empresa responsável pelo projeto em parceria com a Isoeste. A moradia urbana é um dos grandes desafios mundiais. Só no Brasil, estima-se que, até 2022, serão necessárias 23 milhões de novas moradias, conforme estudo publicado pela Câmara Brasileira da Indústria da Construção.

casa-economica-zupi5

Além da Isoeste, foram parceiros na construção da Casa Econômica a Daikin, com ar-condicionados; Redimax, com energia solar; Veka, com portas e janelas; Fineflex com cortinas; Magazine Luiza, que disponibilizou o mobiliário; e a Consul, com os eletrodomésticos.

A Casa Econômica foi construída no mesmo espaço da CasaE, a Casa Ecoeficiente da BASF, na Avenida Vicente Rao, 1195, em São Paulo.

Share on facebook
Share on pinterest
Share on twitter
Share on linkedin

Toda semana, uma enews com um incrível artigo
que vai surpreender sua mente criativa.

Submit

Cadastre seu email.

Fique de olho em nossas redes sociais. Siga a gente no Pinterest, Twitter, Facebook & Instagram.

A Zupi é a revista oficial do Pixel Show, o maior festival da América Latina de criatividade.

ENTRE EM CONTATO

TELEFONE:
+55 11 3926-0174
+55 11 96569-8348 (Whatsapp)

ENDEREÇO

Rua Conde de Irajá, 208 –
Vila Mariana, São Paulo – SP,
CEP: 04119-010

ATENDIMENTO

Via Ticket, Chat, eMail ou Telefone
Segunda – Sexta
9h – 18h

Receba nosso conteúdo mensalmente por e-Mail
Cadastre-se
Junte-se a mais de 80mil criativos
close-image
Conteúdo

...