Kiko Farkas é um dos designers mais requisitados e lembrados quando o assunto é cartaz. Por essa razão sua arte é icônica, principalmente a feita para OSESP (Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo), sendo praticamente impossível dissociar o som da orquestra dos traços das criações. Sua obra é caracterizada pelo padrão, textura, exuberância, cor e minimalismo, ingredientes que legitimam o belo trabalho de Kiko, compilado, agora, em um livro lançado essa semana pela Cosac Naify.

Cartazes musicais apresenta grande parte da criação de Kiko Farkas, com prefácio de Paula Scher e textos de Arthur Nestrovski, João de Souza Leite e do próprio criador dos belos cartazes. Infelizmente o mesmo adjetivo não se pode dar para a edição, que apesar de ser pontual no lançamento da obra desse grande artista, desvalorizou os cartazes escolhendo um papel de pequena gramatura para impressão, tendo que ser feito em uma dupla de páginas de maneira estranha, mas que não tira a importância da publicação. Vale a pena conferir como referência.  

image

image

image

image

 

Compartilhe via...

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Abasteça com ideias lendo novas histórias abaixo