Em 2001 nasceu a Zupi com o foco em promover, inspirar e registrar os melhores artistas e criativos do Brasil e do mundo. Com curadoria de Allan Szacher, mais de 200 colaboradores espalhados no mundo e com uma equipe de criativos multidisciplinares a revista cresceu, saiu da internet, foi para o papel, é bilingue (inglês e português), distribuida em mais de 22 paises, encontrada nas redes sociais, em Apps de conteúdo, com centenas de milhares de leitores, criou o Pixel Show (maior festival de criatividade da América Latina), fundou a Zupi Academy (formando mais de 8 mil alunos no Brasil com diversos cursos e workshops), lançou livros de arte, revistas customizadas, fez curadorias de conteúdo para diversas marcas e muitas exosições e a cada ano tem lançado novos projetos culturais diferenciados com apoio de grandes marcas inovadoras.

Eliete Tomaz

Adoro esta revista, show! Criatividade, excelente conteúdo, perco horas me deliciando nas matérias, aliás não perco horas, ganho muitas horas de diversão, encanto e conhecimento. Nota mil.

Nelson Savioli

“Caro Allan Szacher, Envio, anexo, o surimono que compartilhei entre amigos, seguindo antiga prática japonesa dos praticantes de haicai. É que uma das motivações para fazer o surimono foi apreciar uma edição especial da ZUPI sobre tipos de letras; depois dessa leitura, passei a consultar livros sobre formatos não usuais de letras, o que me…