Em 2001 nasceu a Zupi com o foco em promover, inspirar e registrar os melhores artistas e criativos do Brasil e do mundo. Com curadoria de Allan Szacher, mais de 200 colaboradores espalhados no mundo e com uma equipe de criativos multidisciplinares a revista cresceu, saiu da internet, foi para o papel, é bilingue (inglês e português), distribuida em mais de 22 paises, encontrada nas redes sociais, em Apps de conteúdo, com centenas de milhares de leitores, criou o Pixel Show (maior festival de criatividade da América Latina), fundou a Zupi Academy (formando mais de 8 mil alunos no Brasil com diversos cursos e workshops), lançou livros de arte, revistas customizadas, fez curadorias de conteúdo para diversas marcas e muitas exosições e a cada ano tem lançado novos projetos culturais diferenciados com apoio de grandes marcas inovadoras.

Cidades iluminadas

Como seriam as grandes cidades se fossem iluminadas apenas por estrelas? O fotógrafo Thierry Cohen viajou para várias cidades do mundo e alterou digitalmente as fotos para conseguir esse resultado: cidades sem energia elétrica, iluminadas apenas pela luz das estrelas. Confira.

Ariel Costa

O diretor paulista Ariel Costa, 29, trabalha com motion graphics, videomusic, comerciais e broadcast design, há mais de 8 anos. Com a experiência e talento reconhecidos, começou a colaborar criativamente com os grandes estúdios e agências do Brasil (onde reside atualmente) e do mundo. Empresas como a LOBO, ADSTUDIO, SUPERLATIV, CASQUARE, GUNSHOP, W + K HAMBURGO, DM9, África e outros. Premiado como diretor, teve a oportunidade para ficar à frente em projetos de diferentes e marcas e estilos como Coca-Cola, Nike, MTV e VH1.

Creative burguers

Para algumas pessoas um hambúrguer é somente fast food. Mas para Thomas e Quentin eles são uma arte, por isso, os transformaram em burguers criativos utilizando temas como Senhor dos Anéis, vampiros, Hawaii, Armstrong, Fast and Furious e até mesmo natureza. Confira!

Vestidos infláveis

Pense num vestido inusitado. Provavelmente mil imagens passam pela sua cabeça, mas dificilmente alguma delas vai ser tão inusitada quanto os vestidos que Rie Hosokai de fato realiza. A designer, que representa metade da dupla DaisyBalloon, cria vestidos elaborados com balões inflados, aplicando para isso processos customizados de costura.

As aventuras existenciais de Tim Maia

Para coroar o lançamento internacional de uma coletânea de Tim Maia, a gravadora Lukabop contratou a agência holandesa SuperHeroes para criar esta divertida animação sobre a vida do artista, The Existential Adventures of Tim Maia: Nobody Can Live Forever. A locução é de Devendra Banhart. Clique para assistir.

Os duplos de François Brunelle

No projeto em andamento I’m Not a Look-Alike, o francês François Brunelle faz retratos de pessoas que parecem gêmeas, embora não tenham nenhum grau de parentesco entre si. A ideia é realizar 200 retratos como os da foto, para depois expor o material em uma mostra internacional e publica-lo em livro. Confira a impressionante semelhança desses duplos.

The Green Dragon Pub, Nova Zelândia

Que tal beber em um pub inspirado na casa dos hobbits? Isso se tornou possível na Nova Zelândia, onde Brian Massey, diretor de arte e dono do projeto, construiu um pub chamado de The Green Dragon Pub, que conta com um time de 80 funcionários responsáveis por deixar o pub com uma atmosfera temática. Inspirado no Senhor dos Anéis e no Hobbit, o pub tem como objetivo oferecer aos fans “a place to drink, a place to meet, a place to rest your hairy feet”.