Em 2001 nasceu a Zupi com o foco em promover, inspirar e registrar os melhores artistas e criativos do Brasil e do mundo. Com curadoria de Allan Szacher, mais de 200 colaboradores espalhados no mundo e com uma equipe de criativos multidisciplinares a revista cresceu, saiu da internet, foi para o papel, é bilingue (inglês e português), distribuida em mais de 22 paises, encontrada nas redes sociais, em Apps de conteúdo, com centenas de milhares de leitores, criou o Pixel Show (maior festival de criatividade da América Latina), fundou a Zupi Academy (formando mais de 8 mil alunos no Brasil com diversos cursos e workshops), lançou livros de arte, revistas customizadas, fez curadorias de conteúdo para diversas marcas e muitas exosições e a cada ano tem lançado novos projetos culturais diferenciados com apoio de grandes marcas inovadoras.

Super Heróis em polígonos por James Reid

O designer neozelandês James Reid retoma a temática de super heróis nas ilustrações, mas dessa vez de uma maneira diferente: Reid criou cada um dos super-heróis em polígonos tridimensionais. Super-homem, Hulk, Batman, Mulher-Maravilha, Homem de Ferro, Thor e Flask são alguns dos super-heróis nas ilustrações criadas por Reid.

Rafael Vallaperde

Se o Brasil tem grandes nomes no cenário da computação gráfica e, mais especificamente da CGI art, Rafael Vallaperde certamente está entre eles. O carioca que acabou de ganhar um prêmio como melhor modelagem no 27º Desafio da CGSociety (uma comunidade de digital artists) conta exclusivamente para a Zupi como fez pra chegar até aqui, e até onde pretende chegar. Confira!