Em 2001 nasceu a Zupi com o foco em promover, inspirar e registrar os melhores artistas e criativos do Brasil e do mundo. Com curadoria de Allan Szacher, mais de 200 colaboradores espalhados no mundo e com uma equipe de criativos multidisciplinares a revista cresceu, saiu da internet, foi para o papel, é bilingue (inglês e português), distribuida em mais de 22 paises, encontrada nas redes sociais, em Apps de conteúdo, com centenas de milhares de leitores, criou o Pixel Show (maior festival de criatividade da América Latina), fundou a Zupi Academy (formando mais de 8 mil alunos no Brasil com diversos cursos e workshops), lançou livros de arte, revistas customizadas, fez curadorias de conteúdo para diversas marcas e muitas exosições e a cada ano tem lançado novos projetos culturais diferenciados com apoio de grandes marcas inovadoras.

Papers Critters

A arte contemporânea invade todas as mídias e mostra a toy art sob vários aspectos. Paper Critters aderiu o movimento e divulgou uma forma diferente de brincar com os toys art. O site é uma fonte de inspiração, expressão e contestação, para a arte em bonecos virtuais. Você cria, recria, copia, enfim, faz uma infinidade…

Glauco Diógenes

Glauco Diógenes São Paulo, Brasil Confira mais trabalhos aqui. [Zupi] Glauco, quais as técnicas que utiliza nos seus trabalhos? Inicialmente meu trabalho estava totalmente voltado à utilização de softwares vetoriais, e com um estilo mais limpo e com referências nos cartoons das décadas de 40, 50 e 60, que acho fantástico, absurdos! A partir de…