Em 2001 nasceu a Zupi com o foco em promover, inspirar e registrar os melhores artistas e criativos do Brasil e do mundo. Com curadoria de Allan Szacher, mais de 200 colaboradores espalhados no mundo e com uma equipe de criativos multidisciplinares a revista cresceu, saiu da internet, foi para o papel, é bilingue (inglês e português), distribuida em mais de 22 paises, encontrada nas redes sociais, em Apps de conteúdo, com centenas de milhares de leitores, criou o Pixel Show (maior festival de criatividade da América Latina), fundou a Zupi Academy (formando mais de 8 mil alunos no Brasil com diversos cursos e workshops), lançou livros de arte, revistas customizadas, fez curadorias de conteúdo para diversas marcas e muitas exosições e a cada ano tem lançado novos projetos culturais diferenciados com apoio de grandes marcas inovadoras.

Uma mesa inútil?

O artista Italiano Silvano Rubino, que faz cenários para teatro, também cria arte contemporânea em vidro. Essa obra, “Subtraction Addiction”, consiste numa mesa retangular de vidro com buracos nos lugares onde estariam pratos e talheres, impossibilitando o que seria sua “utilização natural”. Os vazios correspondentes às áreas onde estariam os pratos são uma crítica ao modo automático com o qual lidamos com os objetos cotidianos e são inseridos num contexto simbólico e alusivo.