Em 2001 nasceu a Zupi com o foco em promover, inspirar e registrar os melhores artistas e criativos do Brasil e do mundo. Com curadoria de Allan Szacher, mais de 200 colaboradores espalhados no mundo e com uma equipe de criativos multidisciplinares a revista cresceu, saiu da internet, foi para o papel, é bilingue (inglês e português), distribuida em mais de 22 paises, encontrada nas redes sociais, em Apps de conteúdo, com centenas de milhares de leitores, criou o Pixel Show (maior festival de criatividade da América Latina), fundou a Zupi Academy (formando mais de 8 mil alunos no Brasil com diversos cursos e workshops), lançou livros de arte, revistas customizadas, fez curadorias de conteúdo para diversas marcas e muitas exosições e a cada ano tem lançado novos projetos culturais diferenciados com apoio de grandes marcas inovadoras.

Finalistas do concurso Retrorize

Diversas pessoas mandaram suas idéias para o concurso Retrorize, promovido pela Zupi e Urban Arts. Michael Jackson, Obama, Amy Winehouse, a banda Radiohead e as personagens do seriado Sex and the City foram alguns dos ícones pop repensados pelos participantes. Com mais de 150 trabalhos recebidos e 88 inscritos, não faltou criatividade à competição. Após…

Cleber Gazana

Olá pessoal da Zupi, belê?! Ficou muito boa a revista número 1, parabéns! Sempre vi esse tipo de revista em sites mas, infelizmente, nunca tinha visto no Brasil e vcs foram os primeiros. Apavoraram ……. Novamente PARABÉNS!!!!! Desde já, agradeço…. É isso. Cleber Gazana

Traços Miúdos em Cenas Fugidias

“Nas cidades todas as pessoas se parecem. Todo o mundo é igual. todo o mundo é toda a gente.” Manuel Bandeira não deixa de estar certo. Mas, por trás da multidão anônima dos grandes centros, escondem-se rostos, nomes e histórias particulares dotadas de beleza única. Revelá-las em sua forma mais poética é o objetivo de…

Eu toy

Entre os dias 7 e 11 de novembro, a Quina Galeria, em Belo Horizonte, recebe a exposição Minha vida de brinquedo, voltada para a criação de toys, verdadeira febre entre os criativos brasileiros. A mostra, realizada em parceria com a Escola de Design UEMG, exibe toys desenvolvidos por alunos do instituto para a disciplina Metodologia…

Traço Cidade

Inaugura hoje a nova exposição do ilustrador Marcio Moreno. Intitulada Traço Cidade, a expo conta com trabalhos voltados à temática urbana. A partir de diferentes técnicas, Márcio retrata a realidade metropoliana através de sua linhas, contornos e texturas marcantes. O cocktail de abertura acontece às 20h. Quem não puder comparecer, pode conferir a seleção de…

Baião Ilustrado

Acontece entre os dias 5 e 7 de novembro, em Fortaleza, a primeira edição do festival Baião Ilustrado, evento voltado para profissionais e admiradores da ilustração. Com o objetivo de revelar novos talentos, destacar a atuação de renomados desenhistas e promover um ambiente de troca de experiências, técnicas e contatos, o Baião ilustrado conta com…

Entrevista com Michel Bouvet

Pedro Vertulli/FAAP Era uma vez um pintor… Quando eu estava na faculdade de artes, possuía um gosto especial por fotografia. Também comecei a introduzir tipografia em meus quadros. Quando você mistura pintura, tipografia e fotografia, você pode alcançar um poster. Outra coisa que foi fundamental para despertar meu interesse nessa área foi minha viagem à…

Ilustradores irrequietos

Inspirado no Sketchcrawl (evento criado por Enrico Casarosa, há quatro anos atrás), o Fake Crawl é uma maratona de desenhos em que todos saem à rua com os seus cadernos de desenho, e nesta ocasião, no próximo sábado, dia 31 de outubro, às 14h, na Av. Goiás com a Av. Anhanguera (Goiânia, Goiás). A iniciativa,…

As ondas do sul na Quina Galeria

  Inaugurou no dia 24 de outubro, mas fica até 6 de novembro. O jovem e promissor artista Nestor Jr. (26) viaja desde Santa Catarina até Belo Horizonte, levando uma lufada de maresia, mulheres, família, nos seus trabalhos sempre marcados por um doce e sensual traço absorvido pelo movimento das ondas.   +Informações: Exposição: “Nestor Jr.”…

Nina Moraes

Nina Moraes Porto Alegre, RS Confira mais trabalhos aqui. [Zupi] Nina, como tudo começou? Conte sobre o início de sua jornada pelo mundo das artes – e das ruas. Sempre desenhei como toda criança e tive muita influencia em casa dos meus pais que tinham sempre o cuidado de me deixar munida de lápis e…

Peru indígena e carioca

Felipe Motta, artista carioca de 31 anos conhecido por Mottilaa, viajou este ano durante 10 dias pelo Peru. Passando tanto pela capital, Lima, como pelo interior, trouxe imagens de paisagens, pessoas, bichos, tecidos, comidas e as cores do país. Quando regressou ao Rio de Janeiro, transportou a sua visão para cerca de 20 obras, realizadas…