Em 2001 nasceu a Zupi com o foco em promover, inspirar e registrar os melhores artistas e criativos do Brasil e do mundo. Com curadoria de Allan Szacher, mais de 200 colaboradores espalhados no mundo e com uma equipe de criativos multidisciplinares a revista cresceu, saiu da internet, foi para o papel, é bilingue (inglês e português), distribuida em mais de 22 paises, encontrada nas redes sociais, em Apps de conteúdo, com centenas de milhares de leitores, criou o Pixel Show (maior festival de criatividade da América Latina), fundou a Zupi Academy (formando mais de 8 mil alunos no Brasil com diversos cursos e workshops), lançou livros de arte, revistas customizadas, fez curadorias de conteúdo para diversas marcas e muitas exosições e a cada ano tem lançado novos projetos culturais diferenciados com apoio de grandes marcas inovadoras.

Grafitti de linhas coloridas de Laura Ortiz Vega

Olhe atentamente, isso não é tinta spray. A artista mexicana, Laura Ortiz Vega, leva as imagens feitas de concreto e pintura, agressivas e caóticas, e as transforma em algo delicado e bonito usando as técnicas tradicionais do povo Huichol – pintando a superfície de seu painel com linhas coloridas coladas com cera de abelha natural chamada cera de Campeche.

Zupi Hangout: bate-papo com Chor Boogie!

O americano Chor Boogie é um artista com muita técnica. É difícil não identificar um trabalho do cara, que usa cores vibrantes em todas as suas obras. Sempre original, cada arte de Boogie traz uma história vibrante ligada a ele. No Hangout de hoje, o Allan, nosso editor e idealizador, vai descobrir algumas dessas histórias. Confira!