Em 2001 nasceu a Zupi com o foco em promover, inspirar e registrar os melhores artistas e criativos do Brasil e do mundo. Com curadoria de Allan Szacher, mais de 200 colaboradores espalhados no mundo e com uma equipe de criativos multidisciplinares a revista cresceu, saiu da internet, foi para o papel, é bilingue (inglês e português), distribuida em mais de 22 paises, encontrada nas redes sociais, em Apps de conteúdo, com centenas de milhares de leitores, criou o Pixel Show (maior festival de criatividade da América Latina), fundou a Zupi Academy (formando mais de 8 mil alunos no Brasil com diversos cursos e workshops), lançou livros de arte, revistas customizadas, fez curadorias de conteúdo para diversas marcas e muitas exosições e a cada ano tem lançado novos projetos culturais diferenciados com apoio de grandes marcas inovadoras.

Paraíso perdido

Um dos pontos altos da cidade de São Paulo, por incrível que pareça, fica dentro da cidade universitária. O Paço das Artes, um lugar aparentemente abandonado e ofuscado pelo Museu de Arte Contemporânea, o MAC, que também se localiza dentro da universidade (não por muito tempo). É verdade que o Paço fica no meio da…

Cozinhando com o photoshop

Milagroso, o photoshop é capaz das criações mais inimagináveis, certo? Abordando de forma bem humorada a massaroca de ferramentas existente no software, o vídeo abaixo imagina como seria inventar biscoitos através dele. Com caixas de papelão e utensílios de cozinha, o filme recria o programa de forma artesanal. Afinal receitas caseiras merecem, de fato, programas…

Graffiti tecnológico

A arte urbana e o graffiti também se inserem na nova onda tecnológica. Isso porque o artista e desinger Álvaro Barata desenvolveu, talvez inspirado pelo carnaval, pois foi realizado às vespéras da festa pagã, um arte em graffiti a partir do QR_Code, que nada mais é do que uma matriz ou código de barras bi-dimensional.…

Digital art

Mario Hugo é um artista multifacetado, mas que tem suas opções. Apesar de assinar artwork para marcas como D&G, Capitol Records, Nike, MTV, British Airways, EMI e capas de álbum para bandas como Decemberists, é ali, sozinho e com total liberdade que o designer gráfico nascido em Nova York consegue se tornar completo. Suas obras…

Rito de passagem

Na medida em que se aproximam da morte, as pessoas tendem a se aproximar também das forças que acreditam reger o outro lado. Rezam , na esperança de fazer uma moral com os santos e, assim, descolar um lugar mais bacana no céu. Com isso em mente, o artista Alex Senna concebeu a exposição “Passagem”,…

Barraca das tangerinas

Ao ver pilhas e pilhas de caixotes de feira sendo confeccionados numa rua próxima ao Ceasa, que o designer paulistano Mutza enxergou um incrível projeto de móveis modernos, funcionais e versáteis. O legal é que desde o início a ideia foi manter a essência do formato original, mas dando toques de bom gosto e criatividade…

Desfilando criatividade

Provavelmente as pessoas que trabalham com criação e divulgação de moda estão se cansando das mesmas formas de apresentar coleções, praticadas sempre por top models fazendo carões nas ruas ou em estúdios, vestindo a peça da marca. Contradizendo a lógica, a marca Opening Ceremony produziu um curta-metragem para anunciar sua coleção Primavera/Verão 2010. Estrelado por…

Hype-art

F de Flavio, no caso, Flávio Bernardes, designer gráfico e motion designer brasileiro. Abusando de referências atuais, o artista cria ilustrações a partir do que se vê, ouve, e admira. Bandas como Little Joy e filmes como Touro Indomável fazem parte de seu repertório artístico, em suas obras, e também de vida, relacionando a sua…

Beatbox surreal

Já ouviu falar no Neurosonics Audiomedical Labs Inc.? O divertido projeto musical conta com instrumentos que emitem batidas de beatbox, substituindo o som de baterias e discos por ruídos de bocas. Mas o melhor – e mais estranho – fica por conta dos hologramas em forma de cabeças humanas que “brotam” dos aparelhos de som…

Recycle jeans

Japonese designers of Sony launched a great idea: transform old outdoors publicity in pants. In some cities of the world, publicity is forbidden with the justification that it causes visual pollution and makes the atmosphere looks heavy. Wherefore, instead of decrease the liberty of creativity, those designers developed a good idea to promote the company…

Publicidade vestida

Desde que a lei “Cidade Limpa” vigorou em São Paulo e se espalhou por outras cidades do país, é mais difícil encontrar banners e outdoors pelas ruas de grandes centros. Uma medida interessante, mas que inibiu um pouco a criatividade dos publicitários. Diferente disso, japoneses criadores da marca Sony lançaram no ano passado o projeto…

Arte de porta aberta

A partir do dia 27 de fevereiro de 2010 a Invest.art organiza o projeto @arte em casa. A iniciativa possibilita estreitar relações entre público, artistas e colecionadores, por meio da ocupação de residências e posterior abertura do espaço ao público. As obras instaladas, na maioria das vezes, substituem peças já existentes nas moradias, recriando o…