Em 2001 nasceu a Zupi com o foco em promover, inspirar e registrar os melhores artistas e criativos do Brasil e do mundo. Com curadoria de Allan Szacher, mais de 200 colaboradores espalhados no mundo e com uma equipe de criativos multidisciplinares a revista cresceu, saiu da internet, foi para o papel, é bilingue (inglês e português), distribuida em mais de 22 paises, encontrada nas redes sociais, em Apps de conteúdo, com centenas de milhares de leitores, criou o Pixel Show (maior festival de criatividade da América Latina), fundou a Zupi Academy (formando mais de 8 mil alunos no Brasil com diversos cursos e workshops), lançou livros de arte, revistas customizadas, fez curadorias de conteúdo para diversas marcas e muitas exosições e a cada ano tem lançado novos projetos culturais diferenciados com apoio de grandes marcas inovadoras.

Espião Urbano

SpY é um artista de Madri cujo trabalho consiste em reapropriações irreverentes de elementos urbanos em locais públicos. Suas intervenções não seguem um padrão específico, podendo aparecer em qualquer local. Em atividade desde a década de 1980, SpY iniciou seus trabalhos como grafiteiro; hoje, porém, é conhecido por explorar outras formas de comunicação artística na…

Esculpindo o vazio

In Search of Missing Pieces é uma série de esculturas fragmentadas criadas pelo francês Bruno Catalano. Geralmente representadas com uma mala na mão, as obras repesentam homens que andam em busca de suas partes perdidas. Apesar dos espaços vazios, o trabalho do artista não deixa de ser um retrato completo do homem contemporâneo e sua…

Ao natural

Calça desgastada, sapato de camurça empoeirado e barba mal feita. A aparência rústica do artista Greg Hatton tem muito a ver com suas criações em homeware. Adepto do estilo ambiental, o designer constrói suas peças a partir do que encontra pela rua, principalmente restos de madeira. São camas, cadeiras, abajures e luminárias feitas com madeiras…

Bienal de arte Naïf

Poetas anarquistas do pincel Indo contra a tecnologia das pinturas digitais, montagens, técnicas que sem o computador não existiriam, a Arte Naïf continua firme forte e esta aí, aberta a participação de todos os artistas nacionais, com a 10ª edição da Bienal Naïfs do Brasil. Podemos aprender muito com esse olhar dos artistas anarquistas cujas…

Já que a miniatura fez sucesso…

A globalização nos proporciona descobertas únicas; desde a disseminação meteórica de informações a pesquisas profundas e enriquecedoras. Tudo culpa da Internet – no bom sentido… E foi justamente diante de uma pesquisa que deparei-me com Pleasantville (que traduziria-se como “cidade violenta e de devassidão desenfreada”, diante das suas imagens). Assusta estar em um lugar como…

Animais do dia-a-dia

A rotina do metrô acompanha a vida de pessoas do mundo todo, inclusive de brasileiros. Nesse vai e volta, muitas vezes não prestamos muita atenção sobre o que está em nossa volta, dentro das estações. O inglês Paul Middlewick também tinha essa conduta todo dia, ao ir para o trabalho, até que percebeu a figura…

Cristian Zuzunaga

Cristian Zuzunaga nasceu em Barcelona, Espanha, mas viveu e se formou em Design Gráfico no College of Communication, em Londres, na Inglaterra, onde logo em seguida alcançou o título de mestre em Belas Artes na Royal College of Art. Foi aí que começou a estudar algo um pouco mais específico: os pixels. O artista buscava…

Arte clássica-contemporânea

Unindo a arte clássica à estética contemporânea, o site Worth 1000 lançou um concurso interessante, Intitulado Graffiti Ren (abreviatura de “Renascimento”). A competição, que já terminou, convocava o público a grafitar telas de pinturas oriundas de tempos passados, realizando uma releitura de acordo com os padrões artísticos vigentes. O resultado, uma compilação de mais de…

A arte de se diversificar

O arsenal do artista canadense Ben Tour é imenso. Entre seus trabalhos têm intervenções pelas ruas, em muros grafitados; decorações em residências, ilustrações para revistas e, o que mais lhe agrada, pinturas em tinta a óleo. Como um criador de multiplas formas, suas referências se baseiam na street art, em impressionistas do século 19 e…

Conceito popular

O projeto é do escritório japonês Ken’ichi Otani Architects; o conceito é fazer um espaço aconchegante, interessante e com baixo custo. Localizado em Setangaya, um bairro residêncial no subúrbio de Tóquio, a House in Matsubara é um belo exemplo da tríade “bom, bonito e barato”. A residência traz uma forma indefinida e interage com a…

Senta e presta atenção

Os pequenos troncos encontrados facilmente em várias regiões de Paris são provenientes de árvores que morreram e foram cortadas pelo poder público. Porém, em vez de vez arrancá-las com raíz e tronco, a Prefeitura deixa pequeno cotocos dos vegetais, atrapalhando a circulação dos pedestres e causando um incômodo visual. O artista francês Arno Piroud considera…

Pequena grande ideia

Você consegue ver a obra de arte abaixo? Talvez precise chegar um pouquinho mais perto… E aqui? Enxerga a instalação brilhante? Quem sabe agora consiga ver melhor… Little People, projeto do artista britânico Slinkachu, consiste em miniesculturas instaladas pelas ruas de Londres. A graça da ideia reside justamente na dificuldade de observação das peças. Quem…

Vida de inseto

Miroslaw Swietek é fisioterapeuta, mas possui um grande interesse pela fotografia e por insetos; e, unindo essa duas paixões, realizou registros impressionantes dos pequenos animais. Cobertos de gostas de orvalho, os bichos são clicados durante seu momento de sono, em plena madrugada. Para encontrá-los, o artista polonês levanta às três horas da manhã e parte…

Joe Vintage

Joe Vintage era a princípio uma equipe que utilizava o Flickr para expor e vender peças vintages que fizeram história no século passado, mais especificamente entre as décadas de 1930 e 1980. Atualmente o Joe Vintage virou um site e, ao contrário do Flickr, divulga apenas objetos que se encontram à venda. A equipe é…