Em 2001 nasceu a Zupi com o foco em promover, inspirar e registrar os melhores artistas e criativos do Brasil e do mundo. Com curadoria de Allan Szacher, mais de 200 colaboradores espalhados no mundo e com uma equipe de criativos multidisciplinares a revista cresceu, saiu da internet, foi para o papel, é bilingue (inglês e português), distribuida em mais de 22 paises, encontrada nas redes sociais, em Apps de conteúdo, com centenas de milhares de leitores, criou o Pixel Show (maior festival de criatividade da América Latina), fundou a Zupi Academy (formando mais de 8 mil alunos no Brasil com diversos cursos e workshops), lançou livros de arte, revistas customizadas, fez curadorias de conteúdo para diversas marcas e muitas exosições e a cada ano tem lançado novos projetos culturais diferenciados com apoio de grandes marcas inovadoras.

O melhor do Sleeveface

O termo ‘Sleeveface’ foi criado em abril de 2007 pelo morador de Cardiff (UK) Carl Morris, depois que ele e seus amigos tiraram várias fotografias segurando capas de discos em seus rostos enquanto estavam num bar local. Isso se tornou um viral na internet, e todos querem fazer parte dessa brincadeira, que consiste em criar um cenário, uma continuação para alguma capa de disco. Confira uma seleção com o melhor do Sleeveface!

O “molbiliario humano” de David Blazquez

Em sua série intitulada “molbiliario humano”, o fotógrafo explora uma série de fotografias onde o corpo humano é utilizado como mobília. Nascido em 1980, o espanhol aparece multiplicado e nu na maioria das fotografias, explorando o conceito dos objetos, da nudez e do autorretrato. David aparece como banheira, mesa, escrivaninha, cama, entre outros. Confira!